Desporto

1º de Agosto prepara recepção ao Maquis

António de Brito

Com o objectivo de regressar às vitórias, depois do empate a uma bola, frente ao Sagrada Esperança, a equipa do 1º de Agosto, tri-campeã nacional, começa a preparar hoje às 8h30, no Estádio França “Ndalu”, o jogo diante do FC Bravos do Maquis, a disputar-se domingo, no Estádio Nacional 11 de Novembro, referente à 28ª jornada do Girabola 2018/19.

Equipa orientada por Dragan Jovic quer regressar às vitórias no domingo
Fotografia: DR

Na sessão de treinos, o técnico Dragan Jovic vai privilegiar a recuperação física dos jogadores, seguindo-se a posterior o trabalho com bola. A encerrar a preparação, Dragan Jovic realiza a habitual “peladinha” em campo reduzido, para corrigir imperfeições e definir a estratégia a adoptar diante da formação maquisarde, encontro que o conjunto militar está obrigado a vencer para continuar focado na revalidação do título, quando faltam três jogos para o término do campeonato.

Dispensado pela equipa técnica para tratar de questões pessoais em Kinshasa (RDC), o central Bobó é a última baixa de vulto nos campeões nacionais. Enquanto durar a ausência do congolês democrata, Bonifácio é a aposta do bósnio para ocupar o lugar.
Regressados ontem da Lunda-Norte, o treinador do 1º de Agosto entendeu dar folga aos jogadores que se deslocaram à cidade do Dundo, treinando apenas com os não convocados.
À frente do campeonato com 58 pontos e a três jogos para a conquista do penta, o 1º de Agosto está obrigado a vencer, pelo menos, o FC Bravos do Maquis (Luanda), Cuando Cubango FC (Bié) e o Kabuscorp do Palanca, como salienta o treinador-adjunto da formação militar, Ivo Traça. “Nesta fase do campeonato, só temos de pensar em vitórias. São três jogos decisivos e estamos a trabalhar para atingirmos os nossos propósitos na competição. Respeitámos quem quer que seja, mas queremos vencer o campeonato”, garantiu ao Jornal de Angola.
Confrontado pelo facto de o Petro de Luanda estar a quatro pontos e com menos um jogo diante do Saurimo FC, Ivo Traça disse que o 1º de Agosto não está preocupado com a concorrência da formação petrolífera.
“De forma alguma. Estamos a liderar o campeonato e queremos continuar até ao fim. Penso que não iremos defraudar os nossos adeptos”, admitiu o treinador-adjunto de Dragan Jovic.

Fazer dobradinha

Além da revalidação do título do Girabola, o 1º de Agosto pretende conquistar a Taça de Angola, com o objectivo de fechar a presente época futebolística em grande.
“São duas competições que nos propusemos vencer em 2019. Agora temos de pensar só no campeonato, depois centralizar os nossos anseios na taça. Estamos com uma equipa bastante motivada para a conquista de ambas as provas”, afirmou Ivo Traça.

Tempo

Multimédia