Desporto

1º de Agosto apresenta recurso por Sikazwe

António Cristóvão

O 1º de Agosto apresenta, antes do final de semana, um novo recurso à Confederação Africana de Futebol (CAF), contra a suspensão, cujo tempo não foi tornado público, aplicada ao árbitro zambiano, Janny Sikazwe, apurou ontem o Jornal de Angola junto do director-geral daquele clube, Fernando Barbosa “Barbosinha”.

Fotografia: DR

“Vamos apresentar um novo recurso contra o árbitro zambiano à CAF. Estamos a tratar o assunto internamente com os nossos advogados”, garantiu o dirigente que reagia a suspensão do juiz zambiano do jogo das meias-finais da 22ª edição da Liga dos Clubes Campeões Africanos.
Para Fernando Barbosa, foi Janny Sikazwe que retirou os rubros e negros da final da Liga dos Clubes Campeões.
“Foi o árbitro zambiano que impediu o 1º de Agosto de atingir a final da prova. Feriu a verdade desportiva e prejudicou o nosso clube. Teve um comportamento negativo depois ter feito um bom trabalho no mundial”, lembrou.
O 1º de Agosto foi afastado no dia 23 de Outubro pelo Esperance, ao perder por 2-4, no Estádio Olímpico de Rades, na cidade de Tunis, em desafio referente à segunda mão das meias-finais da Liga dos Campeões, depois de ter ganho na primeira (1-0), em Luanda.
Janny Sikazwe, que foi chefe de equipa do assistente angolano Jerson Emiliano nas provas oficiais, na época do continente africano e mundial pertenceu a Elite A da CAF e teve uma excelente actuação na 21ª edição do mundial da Rússia.

Tempo

Multimédia