Desporto

1º de Agosto dá a primeira pausa do ano aos jogadores

António de Brito

O plantel do 1º de Agosto cumpre hoje a primeira pausa do ano e retoma amanhã, às 8h30, no Estádio França “N'dalu”, os trabalhos de preparação, depois de na quinta-feira ter consolidado a liderança isolada do Girabola 2018/19, ao derrotar o Recreativo da Caála, na sequência da disputa da 11ª jornada da competição.

Fotografia: José Cola | Edições Novembro

No treino de ontem, Nelson da Luz foi o centro das atenções, depois de ter marcado dois soberbos golos diante dos caalaenses, um dos quais a 35 metros da baliza. Companheiros de equipa, dirigentes e adeptos aproveitaram a ocasião para felicitarem o jogador pela brilhante prestação.
Em declarações ao Jornal de Angola, Ivo Traça, porta-voz da equipa técnica do 1º de Agosto, disse que Nelson da Luz é um atleta com qualidades natas e tem vindo a subir de rendimento, depois da lesão contraída ao serviço dos Palancas Negras. “O Nelson é um atleta com futuro promissor. Jogo após jogo está a crescer, porque esteve parado 90 dias, devido a mazela adquirida na Selecção Nacional”, realçou.
Com um jogo a menos diante do Petro, referente à oitava jornada da prova, a formação do Rio Seco bate o recorde de jogos sem sofrer golos e derrotas. Comparativamente às últimas dez épocas, nenhuma equipa do Girabola tinha igualado a marca do campeão angolano.
No ano passado, à entrada da 11ª jornada, o 1º de Agosto tinha uma derrota e três golos sofridos. Ivo Traça diz que a formação militar é muito forte a defender e a atacar, daí a razão de não ter perdido e sofrido golos. “É um motivo de orgulho  para todos. Esperámos manter a postura até ao fim do campeonato”, disse, acrescentando que, depois do afastamento da equipa na preliminar de acesso à fase de grupos da Liga dos Campeões Africanos, o objectivo passa pela revalidação do título. “Estamos a trabalhar com esta finalidade. Não nos passa pela cabeça outro propósito a não ser este”.
Com 22 pontos, o 1º de Agosto lidera a prova, seguido pelo Desportivo (19) e Kabuscorp (18).

Tempo

Multimédia