Desporto

1º de Agosto dá goleada e foge da concorrência

Amândio Clemente

O 1.º de Agosto regressou, ontem, aos triunfos, ao golear por 3-0, no Estádio Nacional 11 de Novembro, em Luanda, o Desportivo da Huíla, na sequência da disputa da 20.ª jornada do Campeonato Nacional de Futebol da I Divisão, Girabola Zap, e ampliou a vantagem em relação aos mais directos concorrentes na luta pelo título.

Geraldo foi o homem do jogo ao rubricar dois tentos na vitória dos campeões nacionais
Fotografia: M. Machangongo | Edições Novembro

Um resultado alcançado ainda na primeira metade da partida, com Rambé a dar início à goleada. Geraldo, com dois golos apontados, foi o homem do jogo dominado completamente dominado pelos militares do Rio Seco. Na etapa complementar, o 1.º de Agosto limitou-se a gerir a vantagem, embora ainda tenha beneficiado de mais oportunidades para desfeitear o guarda-redes da equipa confrade. Com o triunfo os militares isolam-se na liderança com 44 pontos e ficam a sete do Petro  que, no entanto, tem menos quatro jogos.       
Noutro jogo da tarde, o 1.º de Maio saiu vitorioso do dérbi de Benguela, ao derrotar a Académica por 3-1, numa partida onde os proletários começaram a construir o triunfo na primeira parte com dois golos. Kaporay abriu o activo, Pedy ampliou e Kadu fechou a contagem. O desafio pode ser a despedida dos "estudantes" do Girabola Zap,  anunciada no princípio da semana passada pelo seu presidente. Já os proletários deram mais um passo na fuga à zona de descida da classificação. No Huambo, Caála e Bravos do Maquis repartiram pontos, numa partida sem golos.
Sábado, na abertura jornada, o Kabuscorp do Palanca quebrou igualmente o jejum, ao derrotar o Santa Rita de Cássia, por 3-1, ao passo que o JGM do Huambo não teve meias medidas e despachou o Sagrada Esperança por contundentes 3-0. A disputa da jornada prossegue na terça-feira com o Interclube a receber o Libolo, no estádio 22 de Junho, mas não tem data para ficar concluída devido ao adiamento dos jogos ASA-Petro e Progresso da Lunda Sul-Progresso Sambizanga.

Tempo

Multimédia