Desporto

1º de Agosto quer vencer e reassumir a liderança

António de Brito

Sem vencer a duas jornadas, após sucessivos empates diante do Progresso Sambizanga e Recreativo do Libolo, a equipa do 1º de Agosto é obrigada a ganhar ao Saurimo FC, hoje às 15h00, no Estádio das Mangueiras, de modo a recuperar a liderança do Girabola 2018/19, na sequência da disputa da nona jornada da prova, que esta tarde reserva ainda o desafio Sporting de Cabinda-FC Bravos do Maquis.

Campeões nacionais esperam confirmar favoritismo frente ao último da tabela classificativa
Fotografia: Dombele Bernardo | Edições Novembro

Apesar de prever-se um jogo difícil, o 1º de Agosto tem de entrar mentalizado com o pensamento virado para a conquista dos três pontos. Um outro resultado não serve os objectivos da equipa, que já perdeu quatro pontos nos dois últimos desafios.
Na partida frente ao Saurimo FC, o detentor do título do Girabola é claro favorito, atendendo ao histórico e ao percurso futebolístico, com realce para os 11 títulos conquistados na competição.
No reduto adversário, os militares do Rio Seco têm de fazer um jogo inteligente e procurar estar em vantagem no marcador nos minutos iniciais, mas têm de abordar de forma cautelosa o desafio, uma vez que os lundas vêm de uma derrota por falta de comparência diante do Re-creativo da Caála, e pretendem tirar partido do factor casa para pontuar.
Apesar de o Saurimo FC estar a enfrentar problemas financeiros, a formação da Lunda-Sul joga o tudo ou nada, na ânsia de conseguir um resultado positivo, na tentativa de fugir da última posição na classificação.
Dos quatro jogos em casa, o Saurimo FC venceu apenas um e perdeu três. Fora de portas, o 1º de Agosto venceu dois e empatou igual número, sendo a equipa invicta no campeonato e tem a particularidade de não ter sofrido qualquer golo.
Tendo em conta os propósitos de ambas, espera-se um jogo de nível de exigência máxima e de prognóstico a favor dos militares. Nos rubro e negros, Dragan Jovic tem o plantel pronto para vencer no terreno adversário, ao passo que o técnico Diogo Pedro “Dione” tem a máquina oleada para a difícil missão de travar os tri-campeões.
E é o primeiro desafio oficial entre as duas formações, uma vez que o Saurimo ascendeu este ano à primeira divisão.
Sporting de Cabinda e FC Bravos do Maquis disputam um jogo de elevado grau de dificuldade, às 15h00, no Estádio Municipal do Tafe. Os “leões” vêm de uma vitória moralizadora por 1-0, frente ao Sagrada Esperança, na cidade do Dundo, tal como os maquisardes, que ganharam por 2-0, no Estádio Nacional 11 de Novembro, ao candidato ao título e vice-campeão nacional, Petro de Luanda, em desafio de acerto à sétima jornada.


Tempo

Multimédia