Desporto

1º de Agosto vence fase regular

Anaximandro Magalhães |

A equipa sénior masculina de basquetebol do 1º de Agosto, com 35 pontos conquistados em 18 partidas, é a vencedora da fase regular da 37ª edição do Campeonato Nacional - BIC-Basket´2015.

Poste Jone Pedro tem sido das apostas de Paulo Macedo nos militares
Fotografia: Paulo Mulaza

O triunfo no primeiro terço do nacional maior da bola ao cesto, jogado no sistema todos contra todos a duas voltas por 10 equipas, sendo oito de Luanda, uma do Cuanza Sul e outra de Benguela, vai permitir aos militares do Rio Seco, às ordens técnicas de Paulo Macedo, entrarem com um ponto de bonificação na fase de grupos, a decorrer de 14 a 28 de Março.
Determinados a resgatar o título de campeão nacional perdido no ano passado para o Recreativo do Libolo, os rubro e negros não deram tréguas aos adversários.
Senão fosse a derrota, com o opositor menos provável, por 76-79, o Atlético Sport Aviação (ASA), na primeira volta, os agostinos teriam terminado imaculados.
Oriunda do Clube Central das Forças Armadas Angolanas, a formação do 1º de Agosto marcou nos 18 jogos disputados, 1706 pontos e sofreu 1192. Por partida, Macedo e pupilos têm como média de pontos marcados 94,7, e sofridos, 66,2.
Reforçada com a chegada dos angolanos Francisco Sousa e Jone Pedro, e o norte-americano Roderick Nealy, a equipa orientada por Macedo, ex-seleccionador nacional, vergou os mais directos concorrentes na luta pela aquisição do ceptro.
As duas vitórias sobre o Petro de Luanda, 102-74 e 92-87, e Recreativo do Libolo, 104-84 e 75-54, reforçam cada vez mais o estatuto do 1º de Agosto de principal candidato à conquista da taça.
A segunda posição da tabela classificativa é ocupada pelo Petro de Luanda, às ordens do técnico camaronês Lazare Adingono, com 33 pontos, em 18 desafios. Os petrolíferos ganharam 15 encontros e perderam três. Nos números, os tricolores do Eixo-Viário são a equipa mais concretizadora do BIC-Basket com 1707 pontos marcados, e 1404 sofridos. Por encontro, os segundos classificados marcaram em média 94,8 e sofreram 78 pontos.  A terceira posição é ocupada pelo ASA, com 27 pontos. Os aviadores conquistaram nove vitórias e tiveram igual número de derrotas.
A classificação dos três primeiros já é definitiva, ao passo que a das demais equipas falta apurar em virtude de algumas delas terem jogos em atraso por disputar.

Tempo

Multimédia