Desporto

Académica e Progresso jogam pela manutenção

António de Brito

Académica do Lobito e Progresso Sambizanga disputam hoje às 16h00, no Estádio Municipal do Buraco, um jogo de elevado grau de dificuldade, no prosseguimento da 26.ª jornada do Girabola, visto que ambas as equipas ainda não têm a permanência assegurada na competição.

Fotografia: Edições Novembro

Os dois conjuntos estão separados por quatro pontos na tabela classificativa, sendo que os estudantes ocupam a sétima posição, com 28 pontos, enquanto os sambilas figuram no 12.º lugar, com 24. Depois de uma primeira volta bem conseguida, a Académica está muitos furos a baixo no segundo turno do campeonato, pois intercala bons com maus resultados. A equipa treinada por Rui Garcia não vence há seis jogos, após a vitória por 1-0, na18.ª jornada diante do Recreativo do Libolo. 
A seguir ao desafio com a formação do Cuanza-Sul, a Académica empatou quatro jogos diante do 1.º de Agosto, Petro de Luanda, Interclube e Desportivo da Huíla, tendo perdido com o Domant do Bengo e Sagrada Esperança.
Dos 18 pontos possíveis, o conjunto do Lobito conseguiu apenas quatro. Para permanecer no primeiro escalão, depois de na temporada passada estar prestes a descer, a Académica está obrigada a vencer duas partidas. Por sua vez, o Progresso realiza uma das piores campanhas de sempre. A equipa orientada por Hél-der Teixeira, é a campeã dos empates, com 14.
Para continuar a sonhar com a manutenção no convívio dos grandes clubes, o Progresso tem de ganhar a Académica, depois o Ka-buscorp do Palanca e Sporting de Cabinda. Caso aconteça, os sambilas chegam aos 33 pontos.
No Estádio Municipal dos Coqueiros, o Kabuscorp do Palanca mede forças com o Cuando Cubango FC, às 17h00, com a vitória a recair para os anfitriões, que procuram a continuidade em prova, à semelhança da equipa adversária. Ambas somam 25 pontos cada.

Tempo

Multimédia