Desporto

Agostinas favoritas defrontam argelinas

Teresa Luís |

A formação sénior feminina de andebol do 1º de Agosto discute, hoje às 16h00, diante do GSP da Argélia, a sua presença na meia-final da 39ª edição da Taça dos Clubes Campeões Africanos, que se disputa até domingo na cidade tunisina de Hammamet.

Tricampeãs africanas querem aumentar pecúlio de troféus
Fotografia: José Soares | Edições Novembro

As militares são teoricamente favoritas ao triunfo, ante uma adversária que durante a fase preliminar só averbou derrotas.
As agostinas, candidatas à revalidação do título continental, pretendem jogar no máximo da sua força, de modo a garantirem a sua presença na meia-final da competição. Embora reconheçam a superioridade das contrárias, as argelinas planeiam fazer o seu melhor e, se possível, equilibrar os números. Na fase de grupos, o 1º de Agosto fez três jogos e somou igual número de vitórias.
Na primeira jornada, venceu o HC Vanquieur do Congo Democrático (27-15). Seguiram-se os triunfos sobre o Bandama da Costa do Marfim (28-9) e o As Sfax da Tunísia (29-20).  As pupilas de Morten Soubak em três partidas marcaram 84 golos e sofreram 44.
Cristina Branco, Marta Alberto, Helena Sousa, Albertina Cassoma, Elizabeth Viegas, Carolina Morais, Iracelma da Silva, Elizabeth Cailo, Janeth Santos, Joelma Viegas, Cristiane Mwasessa, Juliana Machado, Lourdes Monteiro, Teresa Leite , Isabel Guialo, Helena Paulo e Dalva Peres são as jogadoras que representam o país.
José Chuma (técnico-adjunto), Anderson Fortunato (preparador físico),Vilma Lourenço (seccionista), Juan Ordonez (médico), Eurico Semedo (fisioterapeuta) e Etelvina Simões (fisioterapeuta) integram a equipa técnica liderada por Morten Soubak.

Tempo

Multimédia