Desporto

Aléxia Dizeco é a novidade na lista para o Afrobasket

Armindo Pereira

A extremo-base Aléxia Dizeco, 1,73 metros, 18 anos, é o principal destaque na lista das 12 atletas eleitas pelo seleccionador nacional sénior feminino de basquetebol, Apolinário Paquete, visando a disputa do Campeonato Africano das Nações, Afrobasket, cuja prova decorre na cidade de Dakar, Senegal, de 10 a 18 de Agosto.

Técnico Apolinário Paquete e pupilas partem confiantes na melhoria da sexta posição
Fotografia: Dombele Bernardo | Edições Novembro

Hoje, às 13h00, o “cinco” nacional embarca para Addis Abeba, em trânsito para Dakar, onde na antecâmara do africano da bola ao cesto participa de 3 a 5 do corrente, num Torneio Internacional, com as selecções do Senegal (anfitriã), Tunísia e Costa do Marfim.
Da lista das escolhidas de Paquete constam ainda Italee Lucas, Fineza Eusébio e Regina Pequeno (bases), Elisabeth Mateus, Felizarda Jorge, Rosemira Daniel (extremos) Avelina Peso, Ngiendula Filipe, Nadir Manuel (extremos postes), Luísa Tomás Macuto e Cristina Matiquite (postes).
De fora ficaram a base Érica Guilherme e a poste Joana António, ambas do Interclube. Em declarações ao Jornal de Angola, o seleccionador disse entender o desânimo das basquetebolistas dispensadas mas confessa não haver razões para preocupações, pois espera contar com ambas em futuros compromissos, por serem jogadoras jovens.
“É extremamente difícil guardar a decisão até poucas horas do embarque, mas por razões já conhecidas é necessário tomar estas decisões. Não é um momento fácil para quem fica de fora, mas acredito que podem vir a superar o mais rápido possível porque devem estar prontas para outras convocatórias”, argumentou Paquete.
De acordo com o técnico, a disposição das 12 jogadoras é boa e espera que durante o torneio possam exteriorizar tudo o que foi feito ao longo da preparação.
“Este torneio é bem-vindo, peca apenas por surgir a poucos dias do arranque do Afrobasket, face à ausência do estágio pré-competitivo no exterior, como esteve inicialmente previsto. Estes três dias de torneio vão permitir fazer uma melhor adaptação ao clima de Dakar, face às altas temperaturas”, analisou.
Quanto às possibilidades de Angola no Afrobasket, o seleccionador diz que a preocupação prende-se com as selecções cabeças-de-série tal como o país anfitrião, a Nigéria, campeã em título, Mali e Moçambique, tidos como crónicos candidatos.
“Vamos para Dakar com o nosso objectivo bem definido. Não ficamos confortados com a sexta posição conquistada em Bamako, há dois anos. Vamos tentar superar e se os adversários nos permitirem, vamos tentar ir o mais longe possível”, concluiu.

Selecção Sub-16 joga amanhã com o Egipto na meia final

A Selecção Nacional de Sub-16 feminina de basquetebol defronta amanhã, às 19h00, a similar do Egipto, no Palácio dos Desportos de Kigali, em partida referente à meia-final do Campeonato Africano das Nações, que decorre no Ruanda, até sábado.
Em declarações ao canal desportivo da Radiodifusão Nacional de Angola, Rádio Cinco, o treinador principal Fernando Sapalo explicou que o apuramento directo para a meia-final deveu-se ao facto do Grupo B ter sido integrado por apenas três selecções. “Este apuramento directo implica ficarmos dois dias sem competir e vejo isso como uma desvantagem. Vamos jogar com o Egipto, uma equipa muito difícil, defende bem além de fazer uma pressão muito alta. Vamos fazer um treino voltado para a defesa contra a zona e contra-ataque”, sublinhou o técnico.
Encarar a partida contra o conjunto magrebino como uma final é o objectivo, segundo o técnico. A primeira fase, onde esteve inserida no Grupo A ao lado da selecção anfitriã, de Moçambique e Tanzânia, foi, de acordo com Sapalo, marcada por dificuldades.
Mas fruto da entrega das jogadoras a equipa terminou a fase preliminar invicta.
A primeira vitória foi diante de Moçambique, por 76-54, depois seguiram-se os triunfos (68-49 e 71-48) frente ao Ruanda e Tanzânia. A base angolana Sara Caetano surge como a melhor cestinha da prova, com 90 pontos, média de 28,1 por partida.

Tempo

Multimédia