Desporto

Assédio sexual leva ao cancelamento de torneio mundial de jogos de luta

A empresa organizadora do maior torneio de jogos de luta, a Evo, anunciou que cancelou a edição deste ano do evento que teria um formato online. A decisão não foi tomada devido à mudança do formato mas sim devido às alegações feitas ao co-fundador e presidente da Evo, Joey Cuellar.

Fotografia: DR

Como conta o The Verge, Cuellar foi acusado de conduta sexual imprópria e, de acordo com outro co-fundador da empresa, Tony Cannon, “não estará envolvido com o Evo em nenhuma capacidade”. Entretanto, Cuellar admitiu os comportamentos através do Twitter, apontando que era “jovem e imprudente”.

A edição 2020 do evento foi cancelada depois de várias empresas que colaboravam com a organização decidirem retirar o seu apoio, incluindo a Capcom, a Bandai Namco e a NetherRealm.

Tempo

Multimédia