Desporto

Associação vai formar técnicos do Cuanza-Sul

Teresa Luís

Depois da implementação em Luanda, a Associação de Treinadores Angolanos de Andebol (ATAA) pretende realizar no próximo mês, o curso de técnicos de nível I, na província do Cuanza-Sul, revelou ontem o presidente da instituição, Edgar Neto.

Presidente da ATAA Edgar Neto defende formação contínua
Fotografia: DR

A pretensão da ATAA, segundo o dirigente, é executar uma formação de cariz nacional, e para isso conta com o apoio da Federação para alcançar os objectivos.
“Precisamos de fazer um trabalho aturado e definimos isso aquando da tomada de posse. Depois da experiência em Luanda temos de seguir para outras paragens. Nesta fase, vamos criar condições para ir ao Cuanza-Sul”, garantiu.
Ao balancear o fim do primeiro módulo do curso, Edgar Neto explicou que após o teste escrito, com valor de 30 por cento, os formandos devem apresentar um plano de treinos com vídeo (35) e participar no estágio (35). Os treinadores com aproveitamento na ordem dos 90 por cento recebem os certificado a 11 de Novembro.
O presidente da ATAA reconheceu que algumas coisas não correram bem : “por ser o primeiro estamos sujeitos a cometer erros. Nas próximas edições devemos evitar esses contratempos. Em relação ao prelectores do 1º de Agosto, infelizmente não solicitamos a dispensa a direcção do clube, mas a situação já está ultrapassada”.
Para Custódio Gouveia “Bana”, atleta do Interclube, o treinamento de guarda-redes foi a matéria que mais lhe chamou atenção.
“Há um défice neste sector. Infelizmente é uma das áreas mais frágeis e pouco se trabalha. Na aula prática trabalhámos com a Odeth Tavares, antiga jogadora muito admirada nestas lides. Ela teve um aprendizado acima da média ao longo da carreira. Foi muito bom a partilha de conhecimentos. Na baliza aprendemos todos os dias”, disse.

 

 

Tempo

Multimédia