Desporto

1º de Agosto supera Petro

Armindo Pereira

O 1º de Agosto consolidou ontem a liderança do Campeonato Nacional sénior masculino de Basquetebol, Unitel-Basket, agora com 65 pontos, depois da vitória sobre o Petro de Luanda, por 89-77, no Pavilhão do Kilamba, em jogo de acerto à quinta jornada da quarta volta.

Fotografia: Edições Novembro

A velocidade do base Childe Dundão permitiu ao Petro, terceiro com 59 pontos, fazer um parcial de 4-0, ante um conjunto militar pouco esclarecido nos minutos iniciais. A reacção dos visitantes aconteceu depois que o seu adversário chegou a casa dos dois dígitos
Na sequência de duas perdas de bola os rubro e negros passaram pela primeira vez a liderar o marcador, por 18-14, para insatisfação de Lazare Adingono que solicitou o primeiro desconto de tempo.
O quarto inicial terminou com vantagem da agremiação orientada por Paulo Macedo (27-21),  num jogo até então muito corrido, com recortes técnicos de ambas as partes dignos de realce.
A pouca produtividade que se assistiu no reatamento, obrigou os dois técnicos a fazerem mexidas constantes. Os militares venceram o segundo e terceiro quarto, por 45-40 e 65-58. No período derradeiro, a desatenção defensiva dos petrolíferos ditou o desaire por 89-77, o sétimo da presente época diante do arqui-rival.
Ainda ontem, o Interclube encurtou para sete, a diferença que o separava dos petrolíferos, mercê da vitória sobre o ASA, por 83-69, no desafio que marcou a abertura da sexta jornada, no Pavilhão do Kilamba.

Libolo defronta o Petro
Hoje, no prosseguimento da ronda, o destaque recai para o desafio entre Sport Libolo e Benfica- Petro de Luanda, às 18h00, no Dream Space.
Em causa está a discussão pelo segundo lugar na tabela classificativa. O regresso do base Domingos Bonifácio e do extremo-poste Sekouba Konde, recuperados de uma tendinite, vêm alargar as opções no banco da equipa do Eixo Viário.
Em perspectiva antevê-se um jogo bastante disputado e renhido, do principio ao fim, com as duas equipas a procurarem o triunfo.  Os petrolíferos não vão poder contar com um dos seus maiores esteios. Trata-se do extremo Leonel Paulo, a contas com uma lesão no tornozelo esquerdo que o deixou fora do clássico ontem, diante do 1º de Agosto. Caberá a árdua missão de assumir a responsabilidade das acções ofensivas ao extremo base Gerson Gonçalves “Lukeny” e o seu companheiro  base Childe Dundão, este último que se destaca pela sua rapidez, sem desprimor para os demais integrantes do conjunto tricolor.
Para concretizar os seus intentos, Lazare Adingono e pupilos deverão primar pelo jogo colectivo, sob pena de verem goradas as possibilidades de somar mais dois pontos, ante um conjunto encarnado com jogadores veteranos, como são os casos de Olímpio Cipriano e Milton Barros, capazes de fazer a diferença nos momentos mais críticos.  
As “águias de Calulo” vêm moralizadas da vitória caseira, na Taça de Angola, sobre o Interclube. Recuperou de uma desvantagem de 11 pontos e garantiu a presença na meia final. O técnico Raul Duarte espera que os seus atletas adoptem a mesma postura, sobretudo quando as coisas não estiverem ao seu favor.
Apesar das dificuldades que tem passado, a equipa tem conseguido encontrar soluções no sentido de manter os objectivos traçados no início da época. Entretanto, o treinador reconheceu a necessidade de melhorar em alguns aspectos de jogo até ao final da época.
Na mesma hora, o Helmarc recebe a visita do Desportivo da Marinha, no Multiusos do Kilamba, recinto que acolhe às 15h30 a partida Vila Clotilde -Universidade Lu

Tempo

Multimédia