Desporto

Eduardo Mingas continua sem clube

Anaximandro Magalhães |

Petro de Luanda, Interclube ou 1.º de Agosto um destes clubes pode ser o próximo destino do poste Eduardo Mingas, 1,98 metros, 38 anos. Sem desejo de permanecer a defender as cores do Libolo, clube que adoptou nova designação, Sport Libolo e Benfica, o jogador procura novos ares.

Veterano poste pretende abraçar novo desafio na carreira
Fotografia: José Cola | Edições Novembro

Após a chegada de Tunis, Tunísia, onde esteve ao serviço da Selecção Nacional, com a qual disputou a 29ª edição do Campeonato Africano das Nações, Afrobasket, o internacional angolano foi abordado por um emissário, indicado pela direcção do Petro de Luanda.
O Jornal de Angola sabe que a proposta inicial dos tricolores não foi aceite, nem recusada. Ficou-se apenas pelo "tenho de analisá-la ao pormenor e em família, para a posterior me decidir", terá dito o veterano poste ao interlocutor da direcção do clube do Eixo Viário, presidido por Tomás Faria. A divulgação, apurou o Jornal de Angola, foi feita pela Rádio Cinco, canal desportivo da Radio Nacional de Angola (RNA), a dar conta de um provável compromisso entre as partes, terá distanciado o atleta.
O Interclube, às ordens de Alberto Babo, e 1.º de Agosto, liderado por Paulo Macedo, também estão na corrida para a contratação do atleta. Neste contexto, os polícias, com Alves Simões na presidência, podem levar a melhor sobre a concorrência, pela proposta apresentada "enquadrar Mingas" no Ministério do Interior, no pós-carreira. Nos números, os militares do Rio Seco, presididos por Carlos Hendrick, aproximam-se mais dos objectivos do atleta.
Eduardo Mingas, estreado em 2005, na Selecção Nacional, conquistou, com esta, quatro campeonatos africanos das nações, 2005, 2007, 2009 e 2013. Ao  serviço do Petro de Luanda ganhou campeonatos nacionais, Taça de Angola e Taça dos Clubes Campeões Africanos. Pelo Libolo conquistou os mesmos títulos, adicionando apenas a Supertaça Wlademiro Romero.

Tempo

Multimédia