Desporto

Ndour Maurice pode desfalcar o Senegal

A. Magalhães | Tunis

O extremo-poste Ndour Maurice, de 2,06 metros, 25 anos, pode ser a baixa de vulto da selecção senegalesa para o desafio de amanhã, diante de Angola, pontuável para os quartos-de-final da 29.ª edição do Afrobasket.

Manuel Silva "Gi" esboça o plano táctico para o Senegal
Fotografia: Kindala Manuel | Edições Novembro | Tunis

Maurice, jogador dos New York Knicks, da Liga Profissional norte-americana ( NBA), lesionou-se com alguma gravidade num dos tornozelos. Por essa razão, e pelo pouco tempo para recuperar, o atleta que defendeu durante a época passada o Real Madrid, de Espanha, pode ser baixa confirmada nos penta-campeões africanos.
No entanto, o corpo clínico da selecção do Senegal tudo está a fazer para recuperá-lo a tempo de ir ao jogo diante dos hendecacampeões. De saída está no "cinco" nacional, embora, Yannick Moreira, poste de 2,11 metros, tenha a ferida no sobrolho esquerdo quase cicatrizada.
Esta manhã, no Pavilhão Multiusos de Radès, a Selecção dá sequência aos trabalhos de correcção defensiva, ataques cinco contra cinco, transição rápida da bola da defesa para o ataque.
O técnico principal Manuel Silva "Gi" e os adjuntos Miguel Lutonda e Benjamin Ucuhamba "Avô" voltam a incidir o apresto na correcção de estratégias especificas a serem utilizadas durante a competição.
Reposição na linha de fundo e lateral, ataques cinco contra cinco, desenvecilhamento ofensivo quando o adversário recorre à defesa zona, bloqueio, condução de bola sem a mesma ter de passar obrigatoriamente pelo base, são outros dos aspectos a serem exercitados.
Ainda hoje, o seleccionador promove o visionamento de vídeo dos senegaleses.
Eis os atletas à disposição de Gi: Armando Costa (base), Leandro Conceição, Gerson Gonçalves "Lukeny", Carlos Morais, Olímpio Cipriano e Roberto Fortes (extremos), Reggie Moore, Leonel Paulo e Sílvio Sousa (extremos-postes), Felizardo Ambrósio, Yannick Moreira e Eduardo Mingas (postes).

 

Tempo

Multimédia