Desporto

Sorteio da prova é feito hoje nas Ilhas Maurícias

Anaximandro Magalhães |

A 29.ª edição do Campeonato Africano das Nações, Afrobasket, a disputar-se pela primeira vez, em 53 anos de história, em dois países, Tunísia e Senegal, de 8 a 16 de Setembro, é sorteada hoje nas Ilhas Maurícias, em horário não tornado público pela FIBA-África.

“Cinco” sénior masculino conhece hoje os adversários
Fotografia: Paulo Mulaza | Edições Novembro

Ponto assente é a presença de Angola como cabeça de série no grupo B, na condição de finalista vencida da última edição da prova. No grupo A está a Nigéria, na qualidade de campeã em título, nos C e D, Tunísia e Senegal, como anfitriãs da competição.
As restantes selecções, Camarões, Costa do Marfim, África do Sul, Rwanda, Egipto, Guiné, República Democrática do Congo (RDC), Mali, Marrocos, Moçambique, República Centro Africana (RCA) e Uganda são obrigadas a aguardar pelo sorteio.
Na ocasião, os países ficam a saber em qual das cidades-sede vão jogar, sendo que Dakar, capital Senegal, albergará dois grupos apenas da fase preliminar, de 8 a 10, e Tunes, capital da Tunísia, o mesmo número, mas até ao final do campeonato.
As duas primeiras classificadas de cada grupo de Dakar juntam-se às restantes quatro em Tunes, onde jogam os quartos-de-final, meias-finais e final. Nos quartos-de-final, o vencedor do Grupo A cruza com o segundo classificado do C.
O líder do grupo B joga com o segundo do D. O vencedor do grupo C defronta o segundo do grupo A, e o primeiro do D defronta o segundo do B. Nas meias-finais, o regulamento prevê o encontro entre o vencedor do jogo 25 contra o do 28 e o do 26 diante do 27.
Contrariamente a edições anteriores, esta última a ser disputada nos actuais moldes não inclui jogos para as classificativas. As equipas que forem eliminadas regressam automaticamente para “casa”. A Selecção Nacional regressa amanhã ao trabalho, novamente em regime bi-diário, no Pavilhão Multiusos Arena do Kilamba.

Tempo

Multimédia