Desporto

Torneio Victorino Cunha abre com Libolo e Petro

Anaximandro Magalhães |

Libolo e Petro de Luanda são as equipas a quem cabe a honra de abrir, hoje às 16h00, a nona edição do Torneio Victorino Cunha em basquetebol sénior masculino, no Pavilhão com o mesmo nome. Às 18h30, 1.º de Agosto e Interclube fecham no mesmo recinto a jornada.

Petro de Luanda e Libolo é o desafio de maior cartaz da primeira jornada da competição
Fotografia: Kindala Manuel | Edições Novembro

O desafio entre libolenses e petrolíferos reaviva a reedição da final dos “play-off” a melhor de sete partidas, referente à disputa da 39ª edição do Campeonato Nacional.
Vergados na série por quatro a zero, os tricolores às ordens do camaronês  Lazare Adingono chegam ao jogo, diante dos actuais detentores do troféu do torneio e do título do nacional, menos capazes, pois perderam para os calulenses Reggie Moore, Pedro Bastos, Hermenegildo Mbunga e Teotónio Dó.
Sem estes atletas, Adingono aposta na mescla da veterania e a experiência, com destaque para a irreverência de Childe Dundão, Cley Cabanga, Rafael Silva, Aboubakar Gakou, Joaquim Pedro “Quinzinho”, José António, aliada à capacidade de pautar o jogo de Domingos Bonifácio, Leonel Paulo, Edmir Lucas, André Miguel (ex-Interclube) e Gerson Gonçalves “Lukeny”.
Por sua vez, o Libolo, sob batuta do técnico angolano Raul Duarte, que substituiu  o espanhol Hugo López, motivado a revalidar o ceptro, apesar das saídas dos postes Eduardo Mingas e Valdelício Joaquim, do base Helmer Félix, assim como dos norte-americanos Andre Harris (extremo-base) e Jekel Foster (extremo-poste).A permanência no plantel de jogadores influentes, caso dos internacionais angolanos Olímpio Cipriano, Milton Barros, Roberto Fortes, a que se juntam Francisco Sousa, Jorge Tati, Benvindo Quimbamba, Manda João, Joseney Joaquim e António Deográcio pode revelar-se decisiva para a materialização do objectivo.
Melhor reforçado, o Libolo assume-se como candidato ao triunfo frente ao Petro. Na partida entre militares, liderados tecnicamente por Paulo Macedo, regressado ao clube após a saída do espanhol Ricard Casas, e os polícias orientados pelo português Alberto Babo, repartem de modo equitativo as probabilidades de vitória.
A jogar em casa, a formação do Rio Seco, com as aquisições de Leandro Conceição e Eduardo Mingas, e a continuidade de Edson Ndoniema, Islando Manuel, Hermenegildo Santos, Armando Costa, Mohamed Malick Cissé, Felizardo Ambrósio, Jone Pedro, dentre outros, dá garantia de manutenção do nível exibicional.
Primar pela concentração defensiva, e manter os níveis de eficácia próximos da excelência são as exigências feitas a Paulo Santana, Egídio Ventura, Adilson Ramos, Alexandre Jungo, José Salvador, e demais companheiros. Para a segunda ronda, o cartaz reserva o Petro -Interclube (16h00) e Libolo-1.º de Agosto (18h30). Sábado, a ronda inscreve os jogos Interclube-Libolo (15h30), e às 17h30, acontece o clássico  entre 1º de Agosto e Petro.

Biografia do homenageado
Victorino Eugénio da Silva e Cunha, nasceu a 18 de Abril de 1945, e é natural de Mogosôres, Portugal. Estudou no Colégio Almeida Garrett, onde foi colega de Nicola Berardinnelli. Iniciou a prática de basquetebol com o professor Daniel Leite, no Liceu Salvador Correia.
Começou a jogar no Benfica de Luanda, em 1958, e depois no Centro Desportivo Universitário de Angola . Durante o serviço militar em Moçambiquefoi jogador e treinador de futebol no Clube de Cabo Delgado que tinha como capital Porto Amélia, actual cidade de Pemba.
A seguir jogou basquetebol na Associação Académica de Moçambique. De regresso a Angola, jogou no Ferroviário de Luanda de 1971/72. Em 1972/74 ingressa no CDUA, onde era capitão e treinador.Em Julho de 1974 foi convidado pelo Professor Alberto Quadrio, para exercer a função de Professor da Escola de Instrução de Educação (onde se situa actualmente o Ministério da Cultura). Em Setembro de 1974 foi convidado pelo antigo Ministro das Relações Exteriores, Paulo Teixeira Jorge, já finado, para trabalhar com as Ex-FAPLA, exercendo ,na época, funções militares. Enquanto professor de educação física, foi contactado por oficiais da 9ª Brigada,para organizar o andebol e o voleibol e treinar a equipa de Basquetebol sénior masculinos do 1º de Agosto em 1977.

Tempo

Multimédia