Desporto

Benguela está pronta para acolher provas

António Cristóvão |

António da Luz, secretário-geral do Comité Paralímpico Angolano (CPA), mostrou-se ontem satisfeito com as condições dos locais de alojamento e infra-estruturas desportivas encontradas na cidade de Benguela, para albergarem os campeonatos nacionais de futebol para amputados e de basquetebol em cadeiras de rodas,  de 5 a 11 de Novembro.

Fotografia: JAImagens | Edições Novembro

As provas, inicialmente estavam agendadas para 21 a 29 deste mês na mesma cidade, mas devido algumas questões administrativas foi alterada a data pela direcção do CPA.
As delegações desportivas são aguardadas na cidade das Acácias Rubras na véspera das competições.
António da Luz, que regressou ontem à capital, visitou no fim-de-semana o Centro de Campismo (local de alojamento das equipas), os pavilhões do 1.º de Maio, Sporting e Acácias Rubras (recintos para as provas de basquetebol). Os dirigentes do Comité Paralímpico Angolano e os árbitros ficam alojados na Casa da Educação.
O dirigente do Comité Paralímpico Angolano reconheceu que algumas instalações visitadas precisam de algumas obras de restauro.
Para o campeonato nacional de futebol, o prazo das inscrições encerrara a 15 de Setembro, com a presença de dois representantes de Luanda ( as equipas do 1.º de Junho e dos Amigos de Eno Guilherme), e ainda dos mistos das províncias de  Benguela, Bengo, Huambo, Malanje, Moxico (com a equipa do 3 de Dezembro) e Uíge. 
Na competição de basquetebol, são aguardadas as formações dos Amigos da Ango Real, Cabinda Sport Clube, Mistos do Bié, Uíge, Cuanza Norte e Huambo, Centro Profissional de Reabilitação Física de Viana, osd mistos das províncias de  Benguela, Cuanza Sul, Huíla, Moxico ea equipa do  Kabuscorp de Cabinda.
O sistema de disputa das duas competições vai ser definido no local da competição, de acordo com o número de equipas que estiver presente no local do  evento. No campeonato nacional de  basquetebol são aguardados 230 jogadores, 24 treinadores, 12 dirigentes e oito elementos da equipa de arbitragem.

Tempo

Multimédia