Desporto

Bikuku FC e União do Cuanza-Norte fazem estreia

António de Brito

Com participação de 13 equipas, sendo duas estreantes, União Recreativo do Cuanza-Norte e Bikuku FC da Lunda-Sul, o Zonal de Apuramento para o Girabola do próximo ano, arranca no dia 9 de Junho, com duas séries ao contrário das habituais três.

Vice-presidente da formação estreante do Cuanza-Norte
Fotografia: Agostinho Narciso | Edições Novembro

No pontapé de saída da série A, o ASA recebe o vencedor do jogo entre o ASK Dragões e o Maquela do Zombo, a disputar-se sábado no Estádio 4 de Janeiro, referente à última jornada do Campeonato Provincial do Uíge. Ambas partilham a segunda posição da prova, com nove pontos.
O Santa Rita de Cássia do Uíge mede forças com o União Recreativo do Cuanza-Norte, no Estádio 4 de Janeiro. O Real Mbuco de Cabinda enfrenta o Mpata Aponto do Bengo, no Estádio Mbuco Mabele. Por imperativo de calendário, o São Salvador do Zaire descansa na jornada inaugural.
Neste agrupamento, ASA e Santa Rita são as favoritas à subida de divisão, mas têm de ter capacidade de sofrimento, sob pena de não conseguirem os seus intentos no torneio.
Para o regresso à I Divisão, a direcção do ASA apostou na experiência do técnico José Dinis, bem como na mescla de  juventude e veterania. À semelhança do ASA, o Santa Rita de Cássia mantém firme os objectivos na competição, que passam pela subida de divisão.
Na série B, o Sporting do Bié defronta o Bikuku FC da Lunda-Sul, no Estádio das Mangueiras. O Jackson Garcia de Benguela enfrenta o Ferroviário do Huambo, no Estádio Edelfride da Costa Palhares “Miau”. O Sporting de Benguela joga diante do Augusto Kafalango do Cunene.
Atendendo aos objectivos das seis integrantes, esperam-se jogos renhidos, visto que qualquer uma das equipas está apostada em garantir o apuramento para o Girabola.
O Sporting de Benguela e o seu homónimo do Bié já competiram na primeira divisão nas décadas de 80 e 90, respectivamente.

Tempo

Multimédia