Desporto

Bruno e Sílvio podem ser opções do treinador

Anaximandro Magalhães

Os extremos-postes Sílvio Sousa e Bruno Fernando, de 2,05 e 2,06 metros continuam a constar do leque de opções do seleccionador nacional, Manuel Silva "Gi", para fazer parte da lista dos 12 jogadores que, de 8 a 16 do corrente, disputam a 29.ª edição do Campeonato Africano das Nações, Afrobasket, numa organização conjunta, da fase preliminar, do Senegal e da Tunísia.

Apesar de ausentes do estágio realizado na China,os jogadores vão ser avaliados pelo técnico
Fotografia: José Soares | Edições Novembro

Em declarações ao Jornal de Angola, o técnico revelou: “Eles vão ser observados no tempo que ainda nos resta trabalhar no país. Não foram avaliados antes, por razões académicas devidamente justificadas, falamos inclusive com os responsáveis da escola onde estudam e, por isso, atletas nestas condições nunca devem ser abandonados por mero capricho. É bem verdade que existem outros critérios, para a posterior constarem da lista definitiva.”
O técnico reconheceu que, pelas qualidades técnicas dos dois atletas, é recomendável, sobretudo por “não se dispor  de jogadores muito altos, e com margem de progressão elevada”.
Amanhã, às 12h00, o “cinco” nacional regressa a Luanda proveniente da China, onde disputou dois torneios internacionais, e fez ainda mais três partidas amistosas, com equipas do campeonato da primeira divisão daquele país.
O regresso aos treinos está agendado para sexta-feira, às 17h00, no Pavilhão do Kilamba. Trabalhos de ordem física, técnico e táctico são os pormenores a serem exercitados pelos 13 jogadores às ordens do seleccionador, coadjuvado por Miguel Lutonda, Benjamin Ucuahamba “Avô” e Pedro Santos, preparador físico.
Eis os jogadores à disposição do treinador: Armando Costa, Milton Barros e Hermenegildo Santos (bases), Roberto Fortes, Carlos Morais, Leandro Conceição, Gerson Gonçalves “Lukeny”,  Olímpio Cipriano e Leonel Paulo (extremos), Reggie Moore, Sílvio Sousa e Eduardo Mingas (extremo-poste), e os postes Felizardo Ambrósio “Miller” e Yannick Moreira.
Inserida no Grupo B, Angola começa a disputa do Afrobasket,diante do Uganda.                                                                                            

Tempo

Multimédia