Desporto

Bruno reforça equipa do BAI

João Francisco |

O ciclista Bruno Araújo, que estagia na equipa Portuguesa Sicasal/Constantino, regressou sexta-feira a Luanda para reforçar a nova equipa da modalidade, BAI/Sicasal/ Petro de Luanda,  no XXVII Campeonato Nacional de Ciclismo de Estrada Unificado, a decorrer de 16 a 18 deste mês na província do Bengo e arredores da região.

Província de Bengo e arredores testemunham disputa do campeonato nacional de estrada
Fotografia: Vigas da Purificação | Edições Novembro

A nova equipa de ciclismo BAI/Sicasal/Petro de Luanda, criada com os “activos” do extinto departamento da modalidade do Sport Clube de Luanda, devido à actual conjuntura económica do País, deu entrada o seu processo completo de inscrição sexta-feira e no mesmo dia foi a primeira a ver reconhecido o seu credenciamento pela organização.
Além de Bruno Araújo, a equipa que continua a ser comandada pelo categorizado técnico nacional da modalidade, Carlos Araújo, ele também ainda como ciclista no activo, inscreveu para a prova 18 ciclistas, entre os quais sete ciclistas de elite (seniores), dos quais fazem ainda parte Dário António, campeão nacional, Cruz Tuto, Bruno André, Leonel Araújo e Domingos Zamba.
Da extensa lista constam ainda cinco corredores da categoria sub-23, nomeadamente, Mário de Carvalho, campeão nacional em título da categoria, Hélder Silva, Wagner Chiquito, Adilson Zacarias e Gabriel Cole. Os ciclistas da categoria de júnior são Carlos Araújo Júnior, Carlos Ferreira, Rui Ferreira, Joni Campos e como cadetes (escalão de formação), Mauro Ricardo e Hélvio Mota Lemos.
A nossa reportagem apurou no secretariado da Federação Angolana de Ciclismo (FACI), localizada na Cidadela Desportiva, enquanto a competição não arranca, que a primeira equipa que deu entrada dos seus processos só deve ser superada em termos de quantidade de atletas pelas equipas de Benguela, nomeadamente, a Jair Transportes e o Hotel Luso, que serão capitaneadas pelos irmãos Silva (Igor e Walter), ambos filhos do “ciclista veterano”, Alberto Silva “Pepino”, cujos processos de inscrição devem dar entrada no “quartel-general” do evento antes da data limite pela organização que termina na segunda-feira.

Tempo

Multimédia