Desporto

Campeões mundiais recebem distinções

Adelina Inácio

A Assembleia Nacional homenageou ontem a selecção  Nacional de Futebol para Amputados que, recentemente, se sagrou campeã do Mundo, numa homenagem testemunhada pelo secretário de Estado dos Desportos e pelo presidente do Comité Paralímpico Angolano (CPA),  onde os campeões receberam do presidente da Assembleia Nacional, Fernando da Piedade Dias dos Santos, menções honrosas.

Deputados prometem apoio ao desporto adaptado
Fotografia: Santos Pedro | Edições Novembro

O presidente do Parlamento reconheceu que a conquista do título mundial não foi fácil, e garantiu o apoio da Assembleia Nacional para que a selecção conquiste outras vitórias. “Esta é a primeira de muitas vitórias que o país vai conseguir, e podem contar com o apoio da Assembleia Nacional para o alcance de outras conquistas”, disse Fernando da Piedade Dias dos Santos.
O presidente da sétima comissão da Assembleia Nacional, Nuno Carnaval,  reconheceu a entrega e determinação dos  atletas, e realçou que o desporto representa uma "clara prova" da reconciliação nacional.
Nuno Carnaval  enalteceu  que a coragem dos atletas e a capacidade de superação demonstradas determinaram a vitória do país no Mundial de Futebol para Amputados, realizado recentemente no México, que inscreveu o nome de Angola com letras de outro na história do mundo.
“A nossa selecção brindou os angolanos e Angola com o troféu de campeão mundial.  Este facto eleva o nome de Angola, com honra e júbilo, para os patamares mais altos do certame mundial”, disse.
O deputado, cuja comissão trata de assuntos de Comunicação Social, Assuntos Religiosos, Juventude e Desportos, garantiu igualmente o apoio da Assembleia Nacional, para que o desporto nacional continue a dar alegrias ao país e a unir os angolanos.
João das Dores, que falou em nome dos atletas, disse que a  homenagem demonstra a preocupação do Estado em tudo fazer para o desenvolvimento do desporto. O atleta pediu o apoio do Parlamento para a participação da Selecção no Campeonato Africano das Nações(CAN).
O deputado aproveitou a ocasião para solicitar o empenho da Assembleia Nacional no sentido de serem aplicadas as leis que defendem os interesses das pessoas portadoras de deficiência no acesso ao emprego e aos transportes públicos.


Tempo

Multimédia