Desporto

Canal televisivo cancela debate com candidatos

A ESPN cancelou o debate entre os cinco candidatos à presidência da FIFA, agendado para 29 de Janeiro, confirmou ontem o canal desportivo norte-americano.

“Convidámos os cinco candidatos para o debate e apresentámos todas as possibilidades logísticas para a realização do mesmo, mas não conseguimos reunir as condições necessárias para produzir um debate fiel aos nossos padrões”, explicou a fonte do canal ESPN à agência AFP.
O francês Jerome Champagne, um dos candidatos à presidência, já considerou lamentável o cancelamento do debate.
“É lamentável que a ESPN tenha anulado o debate”, escreveu Champagne na sua conta no Twitter, lembrado que ele e o também candidato Ali Al-Hussein tinham aceitado o convite enquanto os outros três concorrentes recusaram.
Um elemento da candidatura do príncipe jordano Ali Al-Hussein também lamentava o cancelamento do debate entre os candidatos às eleições de 26 de Fevereiro.
Contactado pela AFP, um porta-voz da candidatura de Gianni Infantino, aposta da Europa, disse que o suíço estava “em princípio, disposto a participar”.
Além de Champagne, Ali Al-Hussein e Infantino, concorrem às eleições da FIFA o sul-africano Tokyo Sexwale e Salman bin Ebrahim Al Khalifa, do Bahrein.

Tempo

Multimédia