Desporto

Carlos Makiesse lamenta ausências dos karatecas nos treinos da selecção

O treinador Carlos Makiesse mostrou-se, ontem, tranquilo quanto às ausências dos atletas convocados no mês de Maio, para integrarem os trabalhos da Selecção Nacional de karaté dó de seniores, em ambos os sexos, visando a participação de 23 de Agosto a 3 de Setembro, na XII edição dos Jogos Africanos, na cidade de Rabat, Marrocos.

“Só está na Selecção Nacional quem se interessou pela convocatória que foi enviada atempadamente aos clubes. Os ausentes não fazem falta”, disse o técnico ao Jornal de Angola.
Da preparação, que começou no dia 1 deste mês no ginásio da Banca, estão ausentes sem justificação os atletas Daniel Cambala, Lungala Ricardo e Nzuzi Mateus, da Escola Sacrinor.
Etelvina Capitão, do Petro de Luanda, justificou com questões laborais as faltas.
As Selecções Nacionais efectuam às segundas, quartas e sextas-feiras, às 18h00, o aprimoramento da condição física (resistência e corridas) em recinto público aberto, e às terças (17h00), quintas-feiras (17h00) e sábado (7h30) trabalham no ginásio
da Banca.
No final do mês de Julho, Carlos Makiesse, que trabalha com 18 dos 21 karatecas convocados, reduz o grupo para dez.

Tempo

Multimédia