Desporto

Categorias de formação demonstram qualidades

Armindo Pereira

O Campeonato Nacional de voleibol, nas categorias de iniciados juvenis e juniores, em ambos os sexos, tem início amanhã, às 9h00, na Arena Refriango em Viana, com a participação de oito equipas em cada escalão, provenientes de Benguela, Namibe, Malanje, Lunda-Sul e da capital.

A nata do voleibol de formação começa a avoluir amanhã na quadra do Kikuxi em Viana
Fotografia: Dr

A prova organizada pela Refriango, em parceria com a Federação Angolana da modalidade, conta com as participações das equipas do Blue Vólei Clube, na condição de anfitriã, 1º de Agosto, Petro de Luanda, MTA, Clube Renascer Estoril, Misto de Malanje e o Colégio Francisco de Assis.
Para a organização, “este é considerado o campeonato mais concorrido de sempre” e administrativamente tudo está a ser tratado ao pormenor, de modo a garantir as melhores condições aos mais directos intervenientes, tal como nas edições de outros anos.  
André Amorim Pereira, coordenador do evento, garantiu ao Jornal de Angola que estão criadas as condições para o arranque do campeonato. As partidas que envolvem a equipa de juvenis de Malanje vão ter de ser remarcadas. Ainda de acordo com o responsável, a caravana da cidade da Palanca Negra chega a Luanda provavelmente apenas na segunda-feira.
O treinador da equipa de Malanje deverá estar de saída de Saurimo, vai juntar-se ao grupo e posteriormente rumar para Luanda. “A previsão de chegada está para domingo à noite ou segunda-feira de manhã. As outras seis equipas são todas de Luanda”, aclarou.     
Cada equipa vai fazer-se representar com 18 atletas e competir nos três  escalões, com duas equipas em ambos os sexos.
A competição tem início com o escalão juvenis (Sub-17), entre 13 e 19 do corrente, seguido pelos iniciados (Sub-15), que tem a disputa agendada para o período de 20 a 26, e termina com a categoria juniores (Sub-19), a ter lugar entre 27 de Janeiro e 2 de Fevereiro, encerrando assim o ciclo de provas da presente época desportiva. O Blue Vólei, sendo uma das equipas mais fortes desta competição, vai defender os dois títulos de campeão nacional alcançados no último campeonato.

VoleiBlue
Nos últimos anos, os distintos escalões do Blue Vólei Club participam em torneios internacionais em Portugal, ao lado de agremiações europeias. Em 2015, nos meses de Março e Junho, as agremiações do projecto participaram no torneio internacional da modalidade inter-escolar em terras lusas, onde conseguiram o 2º e 4º lugares na classificação final de ambos os torneios, e alcançaram o mesmo feito em 2016, desta vez com um primeiro e terceiro lugares.
O VoleiBlue é um projecto desenvolvido pela empresa angolana de bebidas Refriango, criado em 2015, enquadrado na sua responsabilidade social. Até ao momento, cerca de 3.500 crianças, dos 8 aos 12 anos de idade, beneficiam das infra-estruturas criadas pelo projecto, incluindo 11 campos desportivos espalhados por Luanda e arredores, todos requalificados para a prática da educação física com formação em voleibol.



Tempo

Multimédia