Desporto

Claudeth quer assumir titularidade nas Pérolas

Teresa Luís

Uma estreia auspiciosa, ao serviço da Selecção Nacional sénior feminina de andebol, é a meta da ponta direita, Claudeth José, de 21 anos, 1,74 m de altura e 71 quilos, visando a disputa da 23ª edição do Campeonato Africano das Nações (CAN), a decorrer de 2 a 12 de Dezembro, em Brazzaville, Congo.

Fotografia: DR

A jogadora formada no 1º de Agosto partilha a titularidade, naquela posição, com Joana Costa, do Petro de Luanda. Em declarações ao Jornal de Angola, a ponta não escondeu o desejo de assumir plenamente o posto específico.
“Todas as estreantes am-bicionam alcançar este feito, e não creio que seja diferente em relação à minha colega. O trabalho, determinação e entrega podem ser fundamentais, para merecer  a confiança do treinador. Por ser a primeira vez, quero deixar bons indicadores, de modo a ser convocada nos próximos compromissos”, salientou.
Questionada sobre as expectativas na prova continental, Claudeth José fez saber que a preparação realizada em Luanda, a par do estágio pré-competitivo na Holanda, já lhe permite visualizar a taça.
“Com o apoio e experiência das demais integrantes, creio na revalidação do título. Caso se efective a nossa pretensão, será a realização de um sonho: ser campeã africana”, concluiu.
Na quarta-feira, a Selecção Nacional perdeu (29-32) diante da similar da Holanda. Na segunda partida agendada, as Pérolas defrontam a equipa SV Dalfsen (vice-campeã holandesa). O adversário do terceiro desafio ainda é desconhecido. Morten Soubak e pupilas almejam a conquista do 13º troféu no africano do Congo.

Tempo

Multimédia