Desporto

Cláudio e Chano reforçam Interclube por duas épocas

Teresa Luís

Quinze anos depois ao serviço do 1º de Agosto e um do Desportivo da Marinha, o meia-distância central Cláudio Lopes, de 28 anos, 75 quilos, e 1, 79 de altura, reforça por duas épocas a equipa sénior masculina de andebol do Interclube.

A par do central, o ponta direito, Chano Lopes (irmão gémeo) de 28 anos, 75 quilos, e 1, 79 de altura, também representa por dois anos o conjunto afecto à Polícia. Em declarações ao Jornal de Angola, Cláudio Lopes fez saber que o objectivo é ajudar o Interclube a vencer as provas nacionais.
“Queremos dar uma dinâmica diferente ao grupo, e reforçar a qualidade já existente. Vamos trabalhar e agraciar o clube com a conquista de troféus”, explicou o andebolista.
O atleta reconheceu ter sido difícil vestir as cores do principal adversário dos “militares” “Fomos formados no 1º de Agosto. Foi lá onde me tornei homem e jogador. Agradeço por tudo. Levei muito tempo a decidir. Muitos apoiaram a decisão, e outros não. Mas a vida do desportista é mesmo assim. Felizmente agarrei a proposta do Interclube”.
Questionado sobre a adaptação às ordens do técnico José Pereira "Kidó", o central do conjunto do Rocha Pinto garantiu ter sido bem recebido, pela direcção, treinador e colegas de equipa. “Sinto-me bem e espero cumprir todas as exigências. A adaptação está a ser positiva”, disse.
A conquista dos campeonatos provinciais e nacionais e a Taça de Angola são os objectivos do Interclube. Cláudio Lopes conta com quatro títulos de campeão nacional, e no ano passado foi eleito melhor jogador da prova maior do calendário de competições da federação.

Tempo

Multimédia