Desporto

Colossos decidem título em Malanje

Teresa Luís

Encerrado o torneio “Memorial Paulo Bunze”, 1º de Agosto-Petro de Luanda (femininos) e 1º de Agosto-Desportivo da Marinha (masculinos) decidem, no sábado, a 13ª edição da Supertaça “Francisco de Almeida”, em andebol sénior, a decorrer no Pavilhão Palanca Negra, na cidade de Malanje.

Rivais abrem a época com a disputa da “Francisco de Almeida”
Fotografia: Dombele Bernardo | Edições Novembro

A conquista do primeiro troféu da época é a meta perseguida pelas distintas equipas, já que a prova marca a abertura do calendário da Federação Angolana da modalidade (Faand).
Com o objectivo de apresentarem-se ao melhor nível, as petrolíferas disputaram cinco jogos de controlo. Nesta fase, o grupo às ordens de Vivaldo Eduardo procura limar as últimas arestas. Sob o comando técnico de Morten Soubak, as militares projectam a Supertaça no Quartel General do Exército (ex-RI-20). Por razões inerentes ao conjunto, as agostinas abdicaram da participação no torneio “Memorial Paulo Bunze”.
O Petro venceu a competição organizada pela associação de Luanda, ao derrotar na final (32-18) o Progresso Sambizanga. A Selecção Provincial ocupou a terceira posição da tabela, à frente do ASA.
Em masculinos, os pupilos de Filipe Cruz e Nelson Catito disputaram cada quatro jogos, que serviram para ensaiar o desafio do dia 16. No torneio, o 1º de Agosto ocupou a primeira posição, seguido pelo Desportivo da Marinha, Petro de Luanda, Interclube e Selecção Provincial.
A Supertaça “Francisco de Almeida” visa homenagear o primeiro presidente do órgão reitor da modalidade, e pela terceira vez é disputada fora de Luanda, depois de Sumbe (2013) e Malanje (2014).

Tempo

Multimédia