Desporto

Congo Democrático cruza com Angola

Teresa Luís

A Selecção Nacional sénior feminina de andebol joga a fase preliminar, da 12ª edição dos Jogos Africanos inserida no Grupo A, ao lado das similares do Congo Democrático, Guiné Conacri, Nigéria e Marrocos, ditou o sorteio realizado em Casablanca, sob olhar da Confederação (CAHB).

Pérolas perseguem defesa do título de Brazzaville
Fotografia: José Cola |Edições Novembro

Na prova a disputar-se de 23 Agosto a 3 de Setembro, em Marrocos, as congéneres do Senegal, Camarões, Tunísia, Argélia e Uganda figuram no B. Congolesas e angolanas seguramente vão discutir a primazia do grupo.

As marroquinas embora joguem em casa, encontram-se a uns furos abaixo e por essa razão terão pela frente as guineenses e nigerianas na luta pelo terceiro lugar. No B, as senegalesas e camaronesas são as mais cotadas, seguidas pelas tunisinas, argelinas e ugandesas.
A revalidação do título conquistado em 2015, em Brazzaville é a meta do combinado angolano, tecnicamente orientado pelo dinamarquês Morten Soubak. Em 2015, o “sete” nacional sofreu para erguer a taça, após prolongamento diante das camaronesas.
Em masculinos, Angola está inserida no Grupo B, com Argélia, Congo Democrático, Nigéria e Burkina Faso. Egipto, Marrocos, Camarões, Guiné Conacri e Zâmbia integram o A.
Argelinos e congoleses são os principais adversários dos comandados de Filipe Cruz, na fase de grupos. Na outra série, os egípcios terão de testar aptidões com os marroquinos e camaroneses, na luta pelo primeiro lugar do grupo. Melhorar o segundo lugar da edição de 2015 e 2011 é a ambição dos “Guerreiros”.

Tempo

Multimédia