Desporto

Congresso da AIPS elege novo comité executivo

António Ferreira | Nairobi

O nigeriano Mitchel Obi foi reeleito, por aclamação, para mais um mandato na presidência da secção continental da Associação Internacional de Imprensa Desportiva (AIPS África), para o quadriénio 2017-2021.

Jornalistas desportivos africanos contam com novos membros na direcção da Associação
Fotografia: Edições Novembro

O congresso ordinário da imprensa desportiva africana que encerrou, segunda-feira, em Nairobi (Quénia), elegeu um novo secretário-geral, o ghanense William Ezah, que substitui no cargo o camaronês Emmanuell Gustave.
O pleito eleitoral teve a participação de apenas vinte e dois países, de um total de quarenta presentes, impedidos de exercer o seu direito de voto por incumprimento das suas obrigações financeiras, que é o pagamento das quotas. Nesse quesito, Angola, Egipto e Marrocos são os únicos países com anuidade paga, para o quadriénio em referência.
O Congresso da AIPS África aprovou, por unanimidade, a proposta de alteração do quadro orgânico do Comité Executivo, que passa a ter um primeiro vice-presidente, quatro vice-presidentes, sendo um para cada zona de desenvolvimento, dois secretários-gerais adjuntos e seis membros efectivos.
A assembleia-geral decidiu, igualmente por unanimidade, nomear o angolano António Ferreira Gonçalves, para o cargo de secretário-geral adjunto para a Formação, Comunicação e Marketing, face à sua experiência e relevantes serviços prestado à organização continental, não obstante ter evocado razões de saúde, que na véspera o levaram a pedir o afastamento do cargo.
De resto, Omar Babba (Mali) e Abdoulaye Thiam (Senegal) são os novos rostos da “família”, que deixou de fora alguns históricos da imprensa desportiva africana, casos de Kabulo Kabulo (RDC) e Sisse (Gâmbia), que não reuniram os votos necessários para a eleição a uma das vice-presidências.
O congresso elegeu apenas dois membros efectivos para o Comité Executivo, ficando em aberto as restantes vagas, em número de quatro, a serem eleitas durante o congresso da AIPS Mundo, a ser realizado em Abril de 2018, na cidade turca de Antalaya.
O último dia de trabalhos do conclave  debateu questões que se prendem com a acreditação dos jornalistas para os eventos mundiais mais mediáticos (Campeonatos Mundiais,  Jogos Olímpicos e competições continentais), tendo criado uma comissão de trabalho que vai submeter à Federação Internacional de Futebol Associado (FIFA), Confederação Africana de Futebol (CAF) e ao Comité Olímpico Internacional (COI) mudanças nos procedimentos de acreditação.
O novo Comité Executivo eleito tem à cabeça o nigeriano Mitchel Obi (presidente) e integra os seguintes membros:
Mourad Moutauakkil (primeiro-vice-presidente, Marrocos), os vice-presidentes de zonas Chris Thiam (Quénia), Amadou Diallo (Guiné-Conacri), Mufti Mohammed (Sudão) e Yonas Geyaneh (Etiópia); William Ezah (secretário-geral, Ghana), os secretários-gerais adjuntos António Ferreira (Angola) e Mohamed Ganoua (Niger) e o tesoureiro Félix Peperipe (Benin).
Por outro lado, o presidente da Associação Internacional de Imprensa Desportiva (AIPS Mundo), o italiano Gianni Merlo, no quadro da visita aos países membros, deverá visitar Angola em meados de Maio de 2018.
Na visita o dirigente vai ter encontros com os responsáveis locais da Associação de Imprensa Desportiva de Angola (AIDA), do Comité Olímpico Angolano (COA) e responsáveis das federeções mais referenciadas e com entidades givernamentais ligadas ao fenómeno desportivo e da Comunicação Social, bem como efectuar visitas às redeções dos diversos órgãos de imprensa, rádio e televisão onde tem filiados.

Tempo

Multimédia