Desporto

Cuando Cubango vence mas desce de divisão

António de Brito

O Cuando Cubango FC protagonizou ontem a surpresa na abertura da última jornada do Girabola mas não conseguiu evitar a despromoção, ao vencer o Recreativo do Libolo, por 2-0, no Estádio Municipal dos Eucaliptos.

Com golos de Vado e Coxe, a equipa de Albano César despediu-se com triunfo nos jogos disputados na província do Bié, depois de o Conselho Técnico Desportivo da Federação Angolana de Futebol (FAF) reprovar a relva sintética do Estádio Municipal de Menongue, cujas obras continuam paralisadas.
Promovido em 2017, o Cuando Cubango pagou cara a factura de não jogar em casa, tendo terminado o campeonato na 14ª posição, com 26 pontos. Em 30 jogos disputados, a formação de Menongue conseguiu apenas seis vitórias, oito empates e 16 derrotas. Marcou 30 golos e sofreu 51, sendo a baliza mais violada do campeonato. No cargo de treinador, Albano César substituiu Abel da Conceição, por força dos maus resultados.
No Estádio Municipal dos Coqueiros, o ASA foi incapaz de vencer o Recreativo da Caála, ao empatar (2-2), relegando o conjunto aviador ao segundo escalão, um ano depois do regresso à primeira divisão. Os inúmeros problemas financeiros, com salários e prémios de jogos em atraso pesaram na continuidade do ASA no Girabola, ao classificar-se no 15º lugar, com 26 pontos. Insuficientes para permanecer na alta competição, o ASA teve um somatório de cinco vitórias, 11 empates e 14 derrotas. Apontou 26 golos e consentiu 48.
O Santa Rita do Uíge derrotou o Sporting de Cabinda, por 3-2, no Estádio 4 de Janeiro, num jogo para cumprimento de calendário, uma vez que ambas há muito já tinham a permanência assegurada na competição.
O Santa Rita é 11º colocado com 32 pontos, ao passo que o Sporting está a um degrau abaixo, com 30. No Estádio 22 de Junho, o Interclube fez jus à condição de favorito, ao derrotar o FC Bravos do Maquis, por 1-0, com golo solitário de Enoque. Com esta vitória, a formação da Polícia Nacional ascendeu ao quinto lugar, com 44 pontos. Já o FC Bravos do Maquis mantém-se na 10ª posição da tabela classificativa, com 36 pontos.

Tempo

Multimédia