Desporto

Daniel Quintas está confiante em bons resultados no meeting paralímpico na Tunísia

António Cristóvão

O capitão da Selecção Nacional Paralímpica de Atletismo, Daniel Quintas, classe F54 (sequela de poliomielite e lesões medulares), mostrou-se confiante numa boa participação no Meeting Internacional de Tunis, onde de amanhã até 30 do corrente compete na prova qualificativa ao Campeonato do Mundo, em Novembro, no Dubai.

Fotografia: DR

“Podem esperar por bons resultados, trabalhámos para isso. O treinador exigiu que façamos o que foi treinado”, disse ao Jornal de Angola.
No Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, aquando da viagem, Daniel Quintas destacou a expectativa dos velocistas, visando a estreia.
“O moral do grupo está alto para a realização de uma excelente prova na Tunísia”, sublinhou o atleta.
A Selecção Nacional realiza hoje a classificação funcional dos atletas, antes da disputa das provas.
Para a participação no meeting, o técnico José Manuel “Zeman” levou os velocistas José Chamoleia, Regina Dumbo, Emelóide Adelino (classe T11, deficiente visual total), Oliveira André e Rode Fernandes (T12, deficiente visual parcial), Manuel Jaime (T46, deficiente de um dos membros superiores) e Daniel Quintas (F 54).
Os atletas da classe de T11 e T12 vão correr nas provas de 100, 200 e 400 metros, enquanto Manuel Jaime está inscrito nas especialidades de 400, 800 e 1500 metros.
O capitão da Selecção Nacional vai enfrentar os adversários nas competições de lançamentos de dardo, disco e peso.
O mundial disputa-se de 1 a 15 de Novembro, no Dubai, e Angola vai à procura dos mínimos exigidos pelo Comité Paralímpico Internacional (IPC, sigla em inglês) para qualificar-se aos Jogos Paralímpicos de Tóquio’2020, no Japão.

Tempo

Multimédia