Desporto

Decisão entre angolanas na Taça dos Campeões

O troféu da 40ª edição da Taça dos Clubes Campeões em andebol sénior feminino vai ser decidido pelas equipas angolanas do Petro de Luanda e 1º de Agosto, hoje, às 15h00, no  Palácio dos Desportos, na cidade de Abidjan, Costa do Marfim.

Militares e petrolíferas voltam a disputar uma final africana
Fotografia: Kindala Manuel | Edições Novembro

Os sete títulos consecutivos arrebatados pela equipa do Eixo Viário, entre 2008 e 2014, seguida pelas “militares”, que venceram de 2015 a 2017, espelha a hegemonia destes dois emblemas, que deste modo voltam a fazer jus aos prognósticos avançados antes do arranque da competição.  
A rivalidade entre as finalistas, muitas vezes, ultrapassa o valor competitivo, resultando daí a transfiguração das atletas em campo, tornando-as imprevisíveis, independentemente da superioridade das petrolíferas, em termos de conquistas, 19 no total, sendo a mais titulada no continente.
Espera-se por um jogo electrizante, do primeiro ao último minuto, como ficou patente nas competições a nível interno, após a disputa da Supertaça, Campeonato Provincial de Luanda, Taça dos Vencedores das Taças e Campeonato Nacional.
As emblemáticas agremiações voltaram a confirmar a sua superioridade e passaram com distinção ante os respectivos adversários, tal como em anos anteriores. Na meia-final, disputada sexta-feira, as petrolíferas, às ordens de Vivaldo Eduardo, despacharam por  24-16 o FAP dos Camarões.
O 1º de Agosto, na outra meia-final, despachou as congolesas de Brazzaville do Abo Sport por 23-13, no último ensaio de Morten Soubak e pupilas, que têm pela frente um “osso duro de roer”.
Líder invicto do Grupo B, o 1º de Agosto, na primeira etapa da competição derrotou, por 27-15 o FAP (Camarões), 33-12, HC Vainqueur (Congo Democrático) e 34-14, África Sport (Costa do Marfim).

Tempo

Multimédia