Desporto

Delegação angolana embarca hoje para os Jogos da CPLP

Teresa Luís e Armindo Pereira

A missão angolana composta por 79 elementos entre os quais, atletas, treinadores e oficiais viaja hoje para São Tomé e Príncipe, palco da XIª edição dos Jogos da Comunidade dos Países de Língua Oficial Portuguesa  (CPLP), a decorrer de 21 a 28 do corrente mês.

Titular da pasta pediu, em discurso dirigido aos desportistas, medalhas, respeito e fair-play
Fotografia: Eduardo Pedro | Edições Novembro

Angola disputa os Jogos nas modalidades de basquetebol, voleibol, futebol, atletismo, taekwendó, andebol e atletismo adaptado. Melhorar ou manter o terceiro lugar da edição passada, é o objectivo da delegação chefiada, por Ndilu Mário.
Ontem, durante a cerimónia de despedida realizada na Casa da Juventude em Viana, a ministra da Juventude e Desportos, Ana Paula do Sacramento Neto, encorajou os jovens atletas a dignificarem as cores da bandeira nacional.
“Vão encontrar algumas dificuldades, mas tenham coragem e força suficiente para ultrapassa-las. Competir não é fácil. Cada um deve evidenciar força anímica, orgulho dos símbolos do país e fair-play. Respeitem também os momentos dos atletas das outras nações”, disse.
Por outro lado, Ana Paula do Sacramento Neto defende ser motivo de orgulho, ter jovens a competir nas distintas disciplinas: “resta-nos passar a força de campeões. Ao serem seleccionados já são vencedores. Falta o título que vocês vão conquistar na prova. Façam boa viagem e sejam  determinados. Nós estaremos aqui no regresso para vos receber. Acreditámos que a missão será cumprida com rigor”.
Teresa Odeth, jogadora da selecção de basquetebol, em representação de todos os atletas agradeceu pelo momento único que pode ser proporcionado nos Jogos da CPLP.
“Foram longos dias de preparação. Assumimos aqui o nosso compromisso de tudo fazer para alcançarmos  os objectivos, com disciplina e espírito de missão, primando sempre pelo fair-play. Vamos cumprir as regras, respeitar os outros participantes e seguir as orientações dos chefes e treinadores”, disse a atleta.

Reunião de ministros
Hoje, o secretário de Estado dos Desportos, Carlos Almeida participa, em São Tomé, na 11ª Conferência de Ministros da Juventude e Desportos da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), em representação da titular da pasta, Ana Paula do Sacramento Neto.
No encontro, os ministros vão avaliar as conclusões das comissões da Juventude e Desportos, a proposta do caderno de encargos dos Jogos da CPLP, a IX Bienal de Jovens Criadores, a apresentação da futura presidência da conferência São Tomé e Príncipe, para o biénio 2018-2020.
Na cerimónia de abertura estão previstas as intervenções da secretária Executiva da CPLP, Maria do Carmo Silveira, dos ministros da Educação de São Tomé e Príncipe e de Portugal, Marcelino Sanches e Tiago Rodrigues, respectivamente, bem como do presidente da Câmara Distrital de Água Grande.
A informação foi avançada ao Jornal de Angola, por Ndilu Mário, chefe da missão angolana. A reunião sucede o en-contro entre as Comissões de Directores Gerais da Juventude e Desportos, na véspera da cerimónia de abertura da 11ª edição dos jogos juvenis da comunidade, marcada para amanhã. 
Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste  participaram, num total de cerca de 700 pessoas, entre elas mais de 400 jovens atletas, com menos de 16 anos.
Por altura do lançamento oficial, no início do corrente mês, o Primeiro-ministro são-tomense, Patrice Trovoada, disse que os jogos reforçam o espírito da cooperação, a comunhão e o intercâmbio entre as culturas lusófonas.
Alguns países da comunidade ajudaram financeiramente o arquipélago a realizar os próximos jogos da CPLP. Este é o primeiro “grande evento” desportivo que o país vai albergar.

Tempo

Multimédia