Desporto

Desportivo ambiciona triunfo frente ao Petro

António de Brito

A conclusão da 13ª e antepenúltima jornada do Girabola reserva para hoje dois encontros, com o Desportivo da Huíla a receber o Petro de Luanda, às 15h00, no Estádio do Ferroviário, enquanto o FC Bravos do Maquis enfrenta, à mesma hora, a Académica do Lobito, no Estádio Jones Kufuna Yembe “Mundunduleno”.

À procura da estabilidade, depois da vitória suada (1-0) sobre o Domant FC do Bengo, os petrolíferos do Eixo Viário têm, para já, um jogo de dificuldade máxima, visto que os militares da Região Sul tropeçaram, por idêntico resultado, na ronda anterior frente ao detentor do título, 1º de Agosto.
Frente ao Petro de Luanda, o Desportivo da Huíla joga o tudo ou nada, uma vez que não vence na competição há três jornadas. Na condição de visitada, a equipa de Mário Sores persegue a terceira vitória caseira, já que nos outros jogos empatou três e perdeu um. No ano passado, o Petro de Luanda perdeu o campeonato na Huíla, após derrota por 2-0. Com esses ingredientes,  o jogo promete ser renhido, já que ambas somam 17 pontos.
O FC Bravos do Maquis defronta a Académica do Lobito, com a ambição de vencer os três pontos, já que  vem de uma vitória moralizadora, por 2-1, frente à  Caála. Mas os estudantes , moralizados prometem dar forte réplica.
    




Tempo

Multimédia