Desporto

Desportivo quer fazer melhor

Arão Martins | Lubango

O plantel principal de futebol do Desportivo da Huíla começou na última segunda-feira a preparar o confronto, diante do Interclube, referente a 16ª e primeira jornada da segunda volta do Girabola, marcado para  o dia 8 de Junho, no Estádio 22 de Junho, em Luanda.

Fotografia: Edições Novembro

Depois de uma pausa de aproximadamente duas semanas, o técnico dos militares da Região Sul, Mário Soares, deu primazia à recuperação física dos jogadores.
Na primeira semana de treinos, o conjunto militar trabalhou sem os préstimos do lateral esquerdo Jó e do médio Zé, ambos ao serviço dos Palancas Negras, na Taça Cosafa. Aliás, Jó transferiu-se para o Interclube e é carta fora do baralho.
A alternar os trabalhos de preparação entre o estádio da Nossa Senhora do Monte, o campo pelado da comuna da Palanca e o Polígono da Humpata, ontem a equipa  treinou de manhã e à tarde, no estádio da Nossa Senhora do Monte.
Em entrevista ao site do clube, Mário Soares disse que a meta é atingir níveis aceitáveis, para que a equipa esteja bem preparada, para encarar com normalidade o primeiro jogo da segunda volta, diante do Interclube. O técnico disse que a pontuação alcançada no primeiro turno aumenta as responsabilidades do grupo e do corpo  técnico. “Podemos não estar a falar em termos de classificação, mas da pontuação alcançada".
O técnico considerou positivo o desempenho da equipa, porque foi o idealizado no princípio. Apesar da saída de  jogadores, que considerava fundamentais , diz que a equipa teve um desempenho aceitável e mostrou-se confiante numa segunda volta melhor. “Creio que a segunda volta pode ser melhor.”

Tempo

Multimédia