Desporto

Direcção do Inter descarta regresso de Alberto Babo

Armindo Pereira

O regresso do português Alberto Babo ao comando técnico da equipa sénior masculina de basquetebol do Interclube está fora das cogitações da direcção do clube afecto ao Ministério do Interior, revelou o vice-presidente para a modalidade, Miguel António "Camulogi".

Manuel Sousa “Necas” apresentou pedido de demissão
Fotografia: José Soares| Edições Novembro

O facto foi anunciado ontem, em conferência de imprensa, na sede da agremiação, na sequência da apresentação do pedido de demissão do então técnico, Manuel Sousa “Necas”, na última terça-feira, depois de reassumir os destinos da equipa, em Janeiro deste ano.
Apesar de ter sido a pessoa que preparou a presente  época, António Camulogi deixa claro que não existe qualquer hipótese de Babo regressar, “pois deixaria uma lacuna nas actuais funções que exerce”.
“Entendemos que o professor é mais útil na condição de director técnico porque a sua actividade não se confina apenas à equipa sénior masculina, mas em todos os escalões. Ele vai seguir de perto a equipa mas sempre focado na sua actividade principal”, aclarou.
Assim, o treinador adjunto Hélder Domingos “Zé Dião” foi indicado para substituir o ex-internacional angolano no cargo, até o final da época. O vice-presidente para o basquetebol dos “polícias” disse que após o término do campeonato o novo treinador será revelado.
Segundo o dirigente, na carta que submeteu à direcção, o ex-treinador refere que o seu ciclo como treinador do Interclube chegou ao fim, situação que lamenta, uma vez que reconhece as valências de Manuel Sousa “Necas”.
“O Necas sempre foi quadro da nossa agremiação, mas ele pede a desvinculação total, só ele poderá falar com mais detalhes sobre as razões que o levaram a tomar esta decisão. Não tivemos outra alternativa senão anuir o seu pedido”, lamentou.

Tempo

Multimédia