Desporto

Duas partidas marcam abertura do campeonato nacional de Hoquei em patins

Armindo Pereira

A 27ª edição do Campeonato Nacional sénior masculino de hóquei em patins começa a ser disputada hoje, no Pavilhão Anexo I da Cidadela, com duas partidas da ronda inaugural entre Instituto Superior Técnico Militar (ISTM) e CODEFA, às 17H00, e Estado Maior-1º de Agosto, às 18h30.

Estudantes e militares perfilam como os principais candidatos ao título de campeão
Fotografia: Agostinho Narciso | Edições Novembro

No primeiro desafio do dia, espera-se por algum equilíbrio face ao nível equiparado dos contendores, ao passo que no confronto militarizado, a formação do Rio Seco, na condição de vice-campeã, assume o favoritismo que a do Estado Maior pretende contrariar. Nesta ronda folga a Académica, por força de calendário.
Em declarações ao Jornal de Angola, o chefe do departamento da modalidade do 1º de Agosto, Bernardo Marques “Dum”, disse que o objectivo da equipa rubro e negra se mantém, depois de ter sido afastada da Taça de Angola, nos quartos -de - finais, pela Académica de Luanda.
“Não começámos a época da melhor maneira. Mas, isso não pode ser motivo para refazer as nossas pretensões. O 1º de Agosto entra para todas as competições com o mesmo objectivo: vencer. Agora, temos as baterias voltadas para o nacional. O Estado Maior é uma equipa do nosso projecto. Acredito que, com maior ou menor dificuldade, vamos triunfar”, anteviu o responsável.
No entanto, a Federação Angolana de Patinagem (FAP) remarcou os jogos de sabado. Assim sendo, Marinha recebe o Sagrado Coração, às 14h40, e hora e meia mais tarde entram em acção Petro de Luanda e Exército, para encerrar o dia de competições, no duelo de cartaz da jornada.
A equipa do Exército realiza amanhã os últimos acertos na vertente táctica, antes de defrontar os tricolores. Hoje, António Bernardo “Nado” e pupilos não conseguiram terminar o treino, devido à chuva que se abateu sobre a cidade capital. A cobertura do Anexo I clama por intervenção, mas até agora a gestão do complexo nada fez.
“Tenho dois jogadores a treinar limitados, mas não são lesões graves. Trata-se de Henda e o Geny, mas acredito que até sábado podem estar aptos para jogar. Em suma, estamos preparados para o desafio de abertura”, sublinhou.
Na hostes tricolores reina o optimismo num bom começo de campeonato. O facto foi confirmado pelo técnico Benevides de Almeida “Vide”. Os petrolíferos deixaram bons indicadores quer na Superataça João Garcia quer na Taça de Angola, onde foram finalistas derrotados.
Contrariamente às três últimas épocas, este ano o Petro de Luanda assume-se como candidato ao título. Uma fonte do clube revelou ao Jornal de Angola que o internacional angolano Humberto Mendes “Big” está perto de regressar ao clube do Eixo Viário, para reforçar a equipa na segunda fase do nacional.
Em declarações ao Jornal de Angola, Pedro Azevedo “Chipita”, vice-presidente da Federação Angolana de Patinagem (FAP) garante estarem criadas as condições técnicas e administrativas para a disputa da competição, sem qualquer constrangimento.
As partidas vão ser alternadas entre Cidadela e Dream Space, no Quikuxi.
“Eventualmente poderá haver uma ou outra jornada no meio da semana, a ser disputada no Dream Space, em função da disponibilidade do recinto da Cidadela. Em suma, temos tudo preparado para a prova arrancar”.

Tempo

Multimédia