Desporto

Edições Novembro almeja os “quartos”

Job Franco

A equipa da Edições Novembro, proprietária dos títulos dos jornais de Angola, dos Desportos, Economia e Finanças, Cultura e Metropolitano de Luanda, está obrigada a vencer, a 17 do corrente, a Rádio Kairós, para se qualificar para os quartos-de-final da I edição do Torneio de Futsal da Comunicação Social. 

Fotografia: Paulo Mulaza|Edições Novembro

O desafio entre as duas equipas do Grupo D  é pontuável para a última jornada da fase de grupos e está agendado para o Complexo Desportivo Manuel Berenguel.
A Edições Novembro tem de ganhar obrigatoriamente por todas as equipas da sua série, Banda TV, Rádio Luanda Antena Comercial (LAC) e Rádio Kairós, terem três pontos, resultantes de uma vitória e igual número de derrota para cada uma das integrantes.
Moralizados com o triunfo por 10-1, diante dos radialistas, os novembrinos acreditam no apuramento.
Este sábado, para o Grupo B, jogam às 9h00, no campo da Camama, Rádio Nacional de Angola (RNA)-Rádio Tocoísta. A RNA, líder da série com seis pontos, fruto de duas vitórias está qualificada.
O conjunto tocoísta é se-gundo com três pontos, e com todas as possibilidades em aberto de qualificação. Às 10h00, o Centro de Imprensa Aníbal de Melo (CIAM) discute a passagem diante da Rádio Mais.
A equipa do Aníbal de Melo tem três pontos contra zero da Rádio Mais. No mesmo dia jogam ainda Zap - Angop, e Nova Vaga - Televisão Pública de Angola (TPA).

Tempo

Multimédia