Desporto

Eleições na FAF prometem despique entre candidatos

António Cristóvão

As eleições para a presidência dos novos corpos sociais da Federação Angolana de Futebol (FAF), para o ciclo olímpico de 2020/2024, marcadas para o final do mês de Junho, prometem um aceso despique entre os candidatos durante o sufrágio.

Artur de Almeida e Silva, actual presidente da FAF, já assumiu publicamente a recandidatura
Fotografia: Edmundo Eucilio | Edições Novembro

Antes da votação, no princípio de Junho, a FAF realiza uma Assembleia-geral extraordinária para a marcação da data da votação, divulgação dos resultados, campanha eleitoral, apresentação e abertura das listas das candidaturas. Além destes assuntos, no encontro com os filiados vai ser definido também o calendário para a entrega das candidaturas, o período do início e encerramento da campanha eleitoral.
Artur de Almeida e Silva, actual presidente da FAF, já assumiu publicamente a recandidatura, durante a tomada de posse dos novos corpos sociais da Associação Nacional dos Futebolistas de Angola (ANFA), liderada por Igor Nascimento, realizada na Galeria Nacional dos Desportos, em Luanda.
Para o próximo mandato, o Jornal de Angola apurou de fonte do elenco da FAF que Artur de Almeida e Silva dispensou da sua lista os préstimos de Fernando Rui Costa (actual secretário-geral), com intenção de contar com Paulo Neto e deve manter José Carlos (presidente do Conselho de Disciplina).
A direcção cessante tem ainda contra si alguns processos judiciais na Sala de Trabalho do Tribunal Provincial de Luanda por se resolver, com técnicos e funcionários.
No seio dos amantes do futebol nacional, fala-se também na candidatura de “Nando” Jordão, ex-presidente do Conselho Técnico Desportivo da FAF no elenco de Pedro Neto (2012/2016). “Nando” Jordão vai contar com o apoio de António Costa “Costinha” (presidente cessante da Associação Provincial de Futebol de Benguela). Aliás, na entrevista publicada por este jornal, “Costinha” faz referência que vai integrar uma lista dos “verdadeiros homens do futebol” (VHF).
“Nando” Jordão e “Costinha” conheceram-se em Benguela, onde o segundo é em-
presário e está em fim de mandato na APFB desde 2012.
A lista dos candidatos ao “cadeirão” da FAF, vai contar também com a concorrência de Oliveira Gonçalves (ex-técnico dos Palancas Negras que levou a Selecção Nacional de Honras numa fase final do Campeonato do Mundo, em 2006, na Alemanha).
O “JA” apurou também que o antigo seleccionador nacional deve juntar-se ao anterior director nacional para a Política do Desporto (DND), António Gomes “Tony Estraga”.

Tempo

Multimédia