Desporto

Equipa nacional realiza sessão para melhorar condição física

António Cristóvão

Os exercícios físicos com bola voltam a dominar hoje, às 9h00, a sessão de treino da Selecção Nacional de futebol para amputados, no Estádio da Cidadela, em Luanda, visando a participação no Campeonato do Mundo, a decorrer de 24 de Outubro a 5 de Novembro, na cidade de Guadalajara, México.

Fotografia: José Soares | Edições Novembro

O técnico Augusto Baptista “Cheto” está a orientar a preparação com o grupo de jogadores reduzido, devido aos exames médicos que encerram hoje, no Centro Nacional de Medicina dos Desportos, no Complexo da Cidadela.
Ontem, realizaram os exames médicos os atletas Jesus Mateus, Sebastião Cacumba, Miguel Cavela, Augusto Lilito, Jesus Morais, Gabriel Passabem, Celestino Elias, Neves Sonhi, Ilário Cufula, Basílio Maioco e Francisco Amaro.
O treinador mostrou-se preocupado com o atraso  registado no início da preparação, de  manhã, na Cidadela, por ter sido ocupada com o jogo treino entre a Selecção Sub-17 e a equipa Sub-20 do Petro de Luanda. “Trabalhar em Luanda é complicado, por falta de campo. O CPA está a negociar com a administração do Estádio Municipal dos Coqueiros”, disse. 
“Cheto” Baptista declarou, ontem ao Jornal de Angola, que a preparação foi repartida em três fases. A primeira encerra já no próximo sábado. Depois, os jogadores serão dispensados, para retornarem às sessões de treino no período de 23 de Julho a 11 de Agosto, em Luanda, referente à segunda fase.
De 12 a 25 de Agosto, a Selecção Nacional segue para a cidade de Joanesburgo, onde vai cumprir um estágio e tratar do processo migratório.
A terceira fase realiza-se de 24 a 30 de Setembro, na cidade do Luena, província do Moxico, com a concentração do grupo, onde de 16 a 23 do mesmo mês disputa-se o Campeonato Nacional.
Depois no período de 2 a 19 de Outubro, a Selecção Nacional cumpre a fase de preparação na cidade de Benguela.
O combinado nacional embarca, para a cidade de Guadalajara, no próximo dia 21 de Outubro, com uma delegação oficial de 22 pessoas.

Tempo

Multimédia