Desporto

Federação cria boas condições

Teresa Luís |

Pedro Godinho, presidente da Federação Angolana de Andebol (Faand), garantiu a criação de condições para a Selecção Nacional sénior masculina que projecta, desde ontem, a presença na 23ª edição do Campeonato Africano das Nações (CAN), a disputar-se de 17 a 27 de Janeiro, em Libreville, Gabão.

Pedro Godinho reconhece falhas do passado
Fotografia: Kindala Manuel | Edições Novembro

As condições anunciadas englobam o pagamento de prémios de jogos e diárias durante o estágio pré-competitivo, agendado para Portugal, na região do Rio Maior, por um período de dez dias. “A Selecção vai ter as mesmas condições da feminina. Desde prémios diários no país até chegar ao palco da competição. A intenção é manter o terceiro lugar ou chegar à final, por isso temos de nos preparar bem”, disse.
O dirigente reconheceu que no passado cometeram algumas falhas, relativamente à preparação das distintas selecções, situação que a Federação pretende evitar:  “Apesar das dificuldades financeiras, temos criadas as condições para que a Selecção se prepare bem e  coloque o nome de Angola bem alto, assim como aconteceu no Africano do Egipto”.

Tempo

Multimédia