Desporto

Federação homenageia glórias da modalidade

Armindo Pereira |

A Federação Angolana de Futebol (FAF) vai distinguir 25 personalidades que se destacaram entre 1975 e 1985, na primeira edição da gala denominada "Prémios de Futebol Palancas Negras 2017" (PFPN), em parceria com o Grupo MENER, a ter lugar hoje às 19h00, no Centro de Conferencia de Belas, em Luanda.

Antigas estrelas do futebol passam a ser reconhecidas
Fotografia: M.Machangongo| Edições Novembro


Durante a conferência de imprensa que teve lugar ontem, no Hotel HCTA, o vice-presidente da Federação Dedaldino Balumbo explicou que o prémio envolve igualmente 13 categorias e tem como objectivo distinguir agentes e instituições desportivas que se destacaram ao longo do ano.
Osvaldo Saturnino “Jesus”, N'dungidi Daniel, Joaquim Dinis,  Manecas Leitão, Pedro Garcia, Carlos Alves, Domingos Inguila, Sarmento Seke, Rui Araújo, Eduardo Laurindo, Salviano Magalhães, João Lara, Luís Gomes, França Ndalo, Hermínio Escórcio, Nicola Berardinelli, Dionísio de Almeida, Eleutério da Mota (homenagem póstuma) vão ser galardoados.
Questionado sobre os critério para a distinção destes figuras,  Daniel Mendes, coordenador do evento,  explicou que a lista foi feita com base nos nomes mais sonantes da referida época, mas tranquilizou os presentes dizendo que a ideia é integrar outros nomes nas próximas edições.
“Os nomes são muitos. É obvio que não era possível colocar todos, mas esta gala veio para ficar. São 25 nomes, achamos que era importante  juntar os homenageado e nomeados, num único evento.  Estamos abertos à crítica, porque esta evento é aberto a todos os angolanos”, argumentou.     
Equipa Ideal, Treinador do Ano, Dirigente do Ano, Melhor Árbitro, Jogador do Ano, Atleta na Diáspora, Melhor Escola de Futebol e Melhor Claque são as categorias a serem distinguidas. De acordo com Daniel Mendes, a gala vai contar com a presença de sete figuras internacionais, entre representantes da FIFA, CAF e federações.
Dos homenageados, destaque para a presença de Luís Gomes, Sarmento Seke, e Carlos Alves. Além da TPA, a primeira gala PFPN vai ser retransmitida pela RTP África.

Tempo

Multimédia