Desporto

Fernando Gaviria vence etapa do Giro

O colombiano Fernando Gaviria (Quick-Step Floors) venceu ontem a 12ª etapa da Volta a Itália, somando o terceiro triunfo nesta edição da prova ao impor-se novamente numa chegada ao “sprint” em que o holandês Tom Dumoulin (Sunweb) conservou a camisola rosa.

Depois de ter vencido a terceira e quinta etapas, o líder da classificação por pontos, de 22 anos, cumpriu a tirada de ontem, a mais longa da 100ª edição do Giro, com 229 km, em 5:18.55 horas. O italiano Jakub Marezcko (Wilier Triestina-Selle Italia) e o irlandês Sam Bennett (Bora Hansgrohe) terminaram nas posições imediatas, num final em pelotão compacto.
No fim da tirada, o jovem ciclista colombiano rejeitou o estatuto de melhor sprinter, que, segundo ele, pertence ao alemão Andre Greipel (Lotto-Soudal), ontem oitavo. "Ele é que ganhou o maior número de corridas, é um exemplo para nós, mas, neste “Giro”, eu sou o que está em melhor forma", frisou Gaviria. O português Rui Costa (UAE Emirates) beneficiou da perda de tempo de Geraint Thomas (Sky) para subir uma posição na geral, na qual é agora 14º, a 6.29 minutos de Dumoulin, depois de chegar integrado no pelotão, na 50ª posição, a seis segundos de Gaviria.
José Gonçalves (Katusha-Alpecin) foi o melhor ciclista português na tirada, na 32ª posição, também a seis segundos, o que lhe vale uma subida de dois lugares.

SAPO Angola

Tempo

Multimédia