Desporto

Fumaça e bebedeira

Amândio Clemente | Radès

Em quase todo o mundo já existe a proibição de fumar em recintos públicos, mas aqui em Tunis, onde estou a viver desde a passada terça-feira por razões profissionais, esta regra é completamente ignorada. As pessoas fumam em qualquer lugar, até mesmo na presença de crianças e bebés, para meu espanto e indignação.

Fotografia: DR

Até mesmo nos recintos desportivos, onde os avisos de proibição de fumar estão espalhados por todos os cantos, os tunisinos fumam desalmadamente cigarros atrás de cigarros, não se importando com a saúde e o conforto dos outros utentes. Até os agentes da Polícia destacados para a segurança destes eventos que deviam intervir para evitar que tal acontecesse também participam no festival da fumaça.
Quando a Tunísia joga, nós, eu e o Vigas da Purificação, que não fumamos, sofremos bastante com as carradas de fumo que somos obrigados a inalar. Nem na sala de imprensa conseguimos evitar isso. Eles e elas estão lá com os seus cigarros a fumegar.
Eu, que deixei de fumar em 2005 sem recomendação médica, agora tornei-me num fumador passivo e já devo ter inalado tanto fumo que estou com medo de contrair alguma doença respiratória. O festival de fumaça aqui na Tunísia pode ser assistido em qualquer restaurante, loja, enfim, em todo o lado.
Aliás, acho até que é estimulado, porque existem aqui uns lugares a que chamam de cafés onde as pessoas vão alugar uns aparelhos utilizados para fumar um produto chamado chincha, muito apreciado por estas bandas.
Nestes cafés amontoam-se muitas pessoas a fumar e sai de dentro uma fumaça que um estranho é capaz de pensar que está a iniciar um incêndio dentro do estabelecimento.
Outro aspecto que me chama atenção está ligado ao consumo de álcool, que aqui por estas paragens dizem ser um pecado. Mas, constato que afinal há muitos tunisinos que gostam de chupar uma boa cervejinha fresca e outros tomam o seu vinhito, nas calmas. Para tal, "escondem-se" no bar de um hotel, locais onde é permitida a venda por causa dos turistas, e chupam os seus copitos à vontade, sem serem incomodados por quem quer que seja!!

Tempo

Multimédia