Desporto

Fundistas discutem hoje primazia no corta-mato

Teresa Luís

Venâncio Tchingombe (Petro de Luanda), Severino Vicente (1º de Agosto) e Luís Kiwuanga (Interclube) são os candidatos a conquista do título do Campeonato Nacional de atletismo, na especialidade de corta-mato, cuja disputa acontece hoje a partir das 8h30, na província da Huíla, em ambos os sexos.

Huíla testemunha despique entre os corredores da elite
Fotografia: DR

Ernestina Paulino e Alda Paulo, do conjunto da Polícia, e Joana Baptista da formação militar são os destaques no sector feminino. O nacional conta com a participação de atletas seniores, que vão correr dez quilómetros, juniores(seis) e juvenis (três).
Revalidar os títulos e melhorar as marcas pessoais são as metas dos protagonistas. Segundo a vice-presidente da federação, Gertrudes Sepúlveda, as condições estão criadas para o êxito da prova.
“O percurso está apto. Já foram adquiridos os troféus e as medalhas. A água tem sido o “calcanhar” de Aquiles nas provas de resistência. Mas recebemos garantias do nosso patrocinador. Portanto, não há razões para preocupações. Teremos os juízes de percurso e de chegada. Estamos a trabalhar em parceria com a Associação da Huíla”, explicou.
Augusto Diogo “Seco”, técnico da associação huilana, fez saber que estão inscritos 144 fundistas das distintas categorias, em representação das províncias do Namibe, Benguela e Huambo, Cuanza-Sul: “Ainda não contabilizamos os fundistas de Luanda. Logo, o número será elevado”.
Os membros da federação e os integrantes dos clubes participantes desembarcaram ontem no palco da competição, e no princípio da noite foi realizada a reunião técnica.

Tempo

Multimédia