Desporto

Fundistas vão ao Bengo correr meia-maratona

Teresa Luís

Um total de 1.200 fundistas, em ambos os sexos, disputam hoje a partir das 7h30, a nona edição da meia maratona designada "Fuga para a resistência", num percurso de 21 quilómetros, com início junto às bombas da Pumangol, no Panguila, e chegada no Campo de Futebol da Açucareira.

Fotografia: DR

A julgar pelo desempenho na corrida de São Silvestre, Alexandre João, do Interclube, e  Simão Manuel, do 1º de Agosto (em masculinos) são favoritos à conquista do título.

No sector feminino, as atenções estão viradas para Adelaide Machado, da formação militar, Lúcia Gomes, atleta do Cuanza-Sul, e Ernestina Paulino, do conjunto da Polícia.  Participam na corrida fundistas nas categorias de federados (21 km), populares, veteranos, paralímpicos (10) e juvenis (3).

Segundo a organização as condições estão criadas para o tiro de partida. Em declarações à Rádio Cinco, o coordenador adjunto da comissão preparatória, Alexandre da Costa, afirmou que aguardam pelos melhores registos dos participantes.

 O primeiro classificado na categoria de federado recebe da organização 125 mil kwanzas, o 2º (100), 3º (50), 4º (25) e o 5º (20). Nos populares, o vencedor arrecada (75 mil), 2º (50), 3º (25), 4º (20) e o 5º (15). Os paralímpicos das classes T11, 46 e 47, 1º (100), 2º (80), 3º (60), 4º (40)e  5º(20).

Organizada pelo Governo da Província do Bengo, em parceria com as FAA e Associação de Atletismo do Bengo, a "Fuga para a resistência" visa homenagear os antigos combatentes e veteranos da pátria, e dinamizar a modalidade  na província.


Tempo

Multimédia