Desporto

1º de Agosto vence torneio Memorial Gojko Zec

António de Brito

O 1º de Agosto conquistou, ontem, a 18ª edição do torneio de futebol Sub-12 “Memorial Gojko Zec”, ao derrotar na final a AFA, por 2-1, no campo anexo do Catetão, numa organização do Petro de Luanda, que visa homenagear o seu antigo treinador, falecido há 22 anos, em Luanda.

Aposta da formação militar continua a dar resultados
Fotografia: Dombele Bernardo|Edições Novembro


 Com duas partes de dez minutos cada uma, a formação militar entrou determinada a vencer o desafio, sendo que na primeira jogada de contra-ataque inaugurou o marcador, por intermédio de Mano (um minuto e 15 segundos).
Melhores na abordagem do jogo, o 1º de Agosto não deu qualquer possibilidade de a AFA sair a trocar  a bola de trás para à frente, porque os rubros e negros defendiam e atacavam em bloco. Com maior percentagem de posse de bola, o conjunto do Rio Seco criou e desperdiçou situações claras de golo, terminando a primeira parte a vencer (1-0).
No segundo tempo, o 1º de Agosto manteve o domínio avassalador, mas voltou a revelar falta de pontaria por parte dos seus jogadores. Depois, a Academia de Futebol de Angola organizou-se e passou a atacar mais a baliza contrária. Através de uma jogada  estudada, a AFA restabeleceu a igualdade de penalti, por intermédio de Dadão, aos cinco minutos. Apostados em levar a taça, os militares arriscaram e conseguiram o golo decisivo, também de penalti por Magoga, aos nove minutos.
Na atribuição do terceiro lugar, o Petro de Luanda goleou, por 3-0, o Interclube. Com dois grupos de quatro equipas, designadamente Petro, Escolinha da AFA, Interclube e Progresso  do Sambizanga (A), 1º de Agosto, Kandengues do Lar Kuzola, Escola de Futebol do Zango “Ti Nandinho” e Selecção dos Núcleos do Petro (B).
Joy, do Petro de Luanda, foi o melhor marcador com cinco golos,  Edinho, da AFA, melhor jogador, ao passo que o guarda-redes Splite (Petro) foi o menos batido. O Lar Kuzola ganhou o troféu de equipa Fair-Play.  

Tempo

Multimédia