Desporto

1º de Agosto persegue o regresso às vitórias

Amândio Clemente |

O 1.º de Agosto pode reforçar ainda mais a liderança do Campeonato Nacional de Futebol da I Divisão, Girabola Zap, caso vença o Desportivo da Huíla, hoje às 17h00 no Estádio 11 de Novembro, na sequência da disputa da vigésima jornada, numa tarde que inscreve ainda o dérbi benguelense entre Académica do Lobito-1.º de Maio e o jogo Recreativo da Caála-FC Bravos do Maquis.

Campeões nacionais podem alcançar desafogo na liderança caso vença a equipa forasteira
Fotografia: Nuno Flash | Edições Novembro

Depois do empate da jornada passada no Lobito, Dragan Jovic e pupilos entram para esta partida com a obrigação de ganhar aos confrades da Huíla, para manterem algum desafogo em relação aos concorrentes na luta pelo título. Uma tarefa de alguma forma complicada e que vai exigir entrega total dos seus jogadores, já que tem pela frente uma equipa que procura a tranquilidade na tabela classificativa, pelo vai tentar contrariar o favoritismo dos anfitriões.
Equilibrado vai ser, certamente, o dérbi de Benguela entre duas equipas que se defrontam numa altura de incerteza quanto à continuidade na competição, situação que não tem, seguramente, influência na qualidade do jogo. Os contendores procuram fugir da zona menos confortável da classificação. O desafio disputa-se às 15h00 no Estádio do Buraco.
No Huambo, o Caála recebe, às 15h00, a visita do FC Bravos do Maquis com a pretensão de ficar com os três pontos em disputa, mas os forasteiros prometem surpreender, num jogo que se antevê equilibrado.
Ontem na abertura da jornada, o JGM do Huambo recebeu e goleou o Sagrada Esperança, por 3-0, no Estádio dos Kuricutelas.
Tal como a formação do Planalto Central, o Kabuscorp do palanca quebrou finalmente o jejum, ao derrotar  a Santa Rita de Cássia do Uíge por 3-1, em desafio disputado no Estádio Municipal dos Coqueiros.
Adiados para data incerta, pela Federação Angolana de Futebol (FAF), estão os jogos ASA-Petro de Luanda, Interclube-Recreativo do Libolo e Progresso da Lunda-Sul-Progresso Sambizanga. 

Tempo

Multimédia