Desporto

4 de Abril fecha plantel

António de Brito |

O técnico João Machado vai trabalhar com um plantel de 26 jogadores no Girabola Zap, com o propósito de garantir a permanência do 4 de Abril do Cuando Cubango na alta-roda do futebol nacional. Entre os atletas, apenas dois são estrangeiros, Dikongue (camarões) e Dário (brasileiro).

Decano dos treinadores angolanos aposta na manutenção da equipa do Cuando Cubango
Fotografia: Rafael Tati

Abordado sobre a qualidade da equipa, o decano dos treinadores angolanos disse ao Jornal de Angola que tem um grupo equilibrado em todos os sectores: “Quem pensa em permanecer no campeonato tem de ter boa equipa e excelentes condições de trabalhos. Estou satisfeito com o plantel que tenho, porque os jogadores indicados foram contratados pela direcção do clube.”
Com a finalidade de concentrar a equipa e realizar uma preparação cuidadosa, o 4 de Abril segue amanhã para a cidade do Lubango, província da Huíla, onde vai cumprir um estágio pré-competitivo de 15 dias.
Durante a permanência em terras do Cristo Rei, a equipa de João Machado deve efectuar três a quatro amistosos, para dar suporte competitivo aos atletas, corrigir imperfeições, bem como definir a equipa base para o jogo de estreia no campeonato, frente ao Petro de Luanda.
“Temos confirmado um jogo frente ao Desportivo da Huíla. O outro será com um misto de jogadores. Fechámos o estágio com dois jogos”, referiu o treinador da formação do Cuando Cubango.
Quanto ao baptismo no Girabola, João Machado reconheceu dificuldades na visita ao Petro de Luanda, mas prometeu apresentar um conjunto aguerrido, na esperança de conseguir um resultado positivo: “Vamos jogar com uma equipa experiente e candidata ao título. Respeitamos o Petro de Luanda, mas não o tememos. Temos os nossos trunfos.”
Os jogadores indicados por João Machado são Tony, Rochana, Bebé e Dikongue (guarda-redes), Dany, Prazeres, Campos, Wander, Ite, Dudú, Xavier, Lello, Matamba, Gui e Kizombe (defesas), Géu, Paito, Edgar, Dário, Palucho, Jairzinho e Stepani (médios), Pilola, Kadu, Gessy e Manucho (avançados).
Entre os reforços estão Pilola (ex-Domant do Bengo), Prazeres (ex-FC Bravos do Maquis), Campos (ex-Recreativo da Caála), Dikongue (ex-União de Douala), Stefani e Dário, provenientes do Guarani do Brasil.

Tempo

Multimédia