Desporto

Angola conquista Taça Cosafa

António Cristóvão

Um golo do avançado Capita, na primeira parte permitiu a Angola  conquistar de forma inédita o título da Taça Cosafa em futebol Sub-17, e consequentemente apurar-se para a disputa do Campeonato Africano das Nações (CAN), a ter lugar no próximo ano na Tanzânia.

Ontem, em partida para a decisão do troféu, a Selecção Nacional derrotou a África do Sul, por 1-0, no Estádio Saint-François Xavier, na cidade de Belle Vue, Ilhas Maurícias.
Capita o “herói” angolano, foi considerado pela organização da prova o melhor jogador em campo.
O resultado permite a Angola qualificar-se pela quarta vez à fase final do CAN, depois de ter participado nas edições de 1997, no Botswana, 99, na Guiné Conacry, e 2017, no Gabão.
Na fase de grupos, os angolanos começaram com um triunfo sobre o Malawi, por 1-0, depois nova vitória diante da Swazilândia (4-0), e a seguir 2-1, ante o Zimbabwe, desafio referente à terceira jornada do Grupo C. Nas meias-finais, Angola goleou a similar da Namíbia, por 4-0, no Estádio Saint-François Xavier.
A Selecção Nacional regressa ao país na próxima quarta-feira ao princípio da noite, proveniente de Joanesburgo, onde pernoita amanhã depois de deixar a capital das Ilhas Maurícias amanhã no princípio da tarde.
No desafio para a definição do terceiro lugar, as Ilhas Maurícias perdeu por 2-1, para a Namíbia. No torneio, que começou no pretérito dia 19 deste mês foram disputados 22 jogos e apontados 69 golos.
Prins Tjiueza, da Namíbia, foi o melhor marcador com cinco tentos, enquanto Capita ocupou a segunda posição com quatro golos. Osvaldo Capemba e Zito Luvumbo ficaram no terceiro lugar, ambos com três.
O angolano Zito foi considerado o melhor jogador do torneio, enquanto Giovani, conquistou o troféu de guarda-redes menos batido com um golo sofrido apenas. A selecção da África do Sul, vice-campeã do torneio levou para casa o troféu de equipa “Fair Play”.

Tempo

Multimédia